Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alaska e United Airlines estendem cancelamentos de Boeing 737 MAX 9 até quarta-feira

    A FAA informou que supervisão da Boeing será reforçada após incidente

    Área do plugue de porta do Boeing 737-9 MAX da Alaska Airlines que se soltou em pleno voo
    Área do plugue de porta do Boeing 737-9 MAX da Alaska Airlines que se soltou em pleno voo NTSB/Divulgação via REUTERS

    Reuters

    A Alaska Airlines e a United Airlines estão prorrogando os cancelamentos de todos os voos do Boeing 737 MAX 9 até quarta-feira (17), após uma explosão na cabine em pleno ar em 5 de janeiro e à medida que as inspeções continuam.

    A Administração Federal de Aviação (FAA, sigla do inglês) disse na sexta-feira que a paralisação de 171 aviões Boeing 737 MAX 9 continuaria indefinidamente para novas verificações de segurança e anunciou que iria reforçar a supervisão da Boeing.

    A FAA planeja revisar os dados dos 40 aviões inspecionados inicialmente antes de considerar colocar os jatos novamente em serviço. Essas inspeções estão em andamento e não devem ser concluídas antes de quarta-feira.