Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Azul e Gol iniciam venda de 40 rotas compartilhadas pelo Brasil; veja como vai funcionar

    Parceria entre as companhias deve gerar mais de 2.700 oportunidades de viagens com apenas uma conexão dentro do Brasil

    Foto: Divulgação Gol

    Isabella Marzollacolaboração para a CNN São Paulo

    A partir desta quinta-feira (11), a Azul e a Gol disponibilizam novas 40 rotas pelo Brasil através de acordo de cooperação comercial, fechado no dia 24 de maio, com o objetivo de ampliar a oferta de destinos e conveniência aos passageiros.

    A parceria deve gerar mais de 2.700 oportunidades de viagens com apenas uma conexão dentro do país.

    Nos canais de venda das companhias já estão listados 20 destinos, como Juazeiro do Norte-Galeão, Recife-São José dos Campos, São Gabriel da Cachoeira-Guarulhos, Tabatinga-Brasília, Tabatinga-Guarulhos, Uruguaiana-Brasília, Viracopos-Boa Vista, Viracopos-Porto Velho, Viracopos-Rio Branco, entre outros.

    O codeshare entre as empresas só abrange trajetos em que apenas uma das companhias aéreas opere.

    Em trechos em que as duas concorrem, não haverá compartilhamento de voos, de maneira que as empresas complementem suas malhas áreas com destinos domésticos.

    Nas próximas semanas é previsto o anuncio de mais rotas conjuntas que poderão ser consultadas nos sites da Azul e Gol.

    Juntas as companhias possuem cerca de 1.500 decolagens diárias.

    O que muda para os clientes?

    • Pesquisa de viagens: os consumidores poderão pesquisar trechos nacionais exclusivos das duas aéreas e comprar pelos canais de venda das duas companhias, encontrando uma maior possibilidade de destinos;
    • Milhas: os clientes poderão escolher em qual programa armazenar seus pontos. Ou seja, se um voo da Gol for comprado pelo site da Azul, o cliente pode escolher acumular as milhas tanto no Azul Fidelidade, quanto no Smiles. Isso é válido para voos com conexão e trechos avulsos.
    • Cancelamento: as remarcações e os cancelamentos de reservas devem ser feitos nos canais da companhia que vendeu a passagem;

    As facilidades adicionais como assentos especiais, bagagens despachadas e benefícios de programas de fidelidade continuam sob as regras pré-determinadas por cada companhia aérea.