Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Haddad cobra que “BC faça seu trabalho” para PIB crescer acima de 3% em 2023 e 2,5% em 2024

    Haddad comentava o avanço de 0,1% da economia brasileira no último trimestre — crescimento tímido, mas acima das expectativas do mercado, que projetavam estagnação e mesmo leve retração

    Danilo Moliternoda CNN

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou em entrevista a jornalistas nesta terça-feira (5) que o Banco Central (BC) “deve fazer seu trabalho” para que o Produto Interno Bruto (PIB) volte a avançar de maneira robusta.

    “Tivemos um PIB positivo [no terceiro trimestre de 2023], mas fraco. Com o corte no juro, esperamos fechar este ano com crescimento superior a 3% e crescer 2,5% no ano que vem. Mas o Banco Central deve fazer seu trabalho”, disse.

    Haddad comentava o avanço de 0,1% da economia brasileira no último trimestre — crescimento tímido, mas acima das expectativas do mercado, que projetavam estagnação e mesmo leve retração.

    Para o ministro, o PIB surpreendeu, mas os juros seguem “sob alerta”. “O juro real no Brasil atingiu seu patamar mais alto em meados de junho. E o Banco Central começou a cortar o juro só em agosto”, disse.

    O taxa de juro básica real da economia considera a Selic subtraída da inflação. Conforme o IPCA caia, com a taxa básica (até agosto) em 13,75% ao ano, o juro real se elevava.

    A CNN procurou o Banco Central para que comentasse a afirmação do ministro e aguarda resposta.