Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PIB paulista cresce 2,4% no primeiro semestre, segundo dados da Fundação Seade

    Setores de serviços (3,5%) e agropecuária (1,8%) foram os que mais avançaram

    Setor de serviços puxou alta do PIB paulista no primeiro semestre
    Setor de serviços puxou alta do PIB paulista no primeiro semestre CDC/Unsplash

    Caio Junqueirada CNN

    São Paulo

    O Produto Interno Bruto (PIB) do estado de São Paulo cresceu 2,4% no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

    Os dados foram passados com exclusividade à CNN pela Fundação Seade, o órgão estadual de índices econômicos.

    Ao se avaliar cada segmento, a fundação constatou que os setores de serviços (3,5%) e agropecuária (1,8%) foram os que mais cresceram.

    Na avaliação do governador Tarcísio de Freitas, é o perfil pró-mercado que facilitou esse crescimento.

    “São Paulo está gerando mais riqueza e mais empregos em 2023 porque as políticas públicas do Governo do Estado realmente incentivam a livre iniciativa e combatem a burocracia e a ineficiência. Nossa gestão é parceira do setor privado, é pró-mercado e cria um ambiente cada vez mais favorável aos negócios desde o microempreendedor até as grandes indústrias e gigantes do agronegócio”, disse.

    O IBGE informou à CNN que ainda não tem dados do PIB nacional no mesmo período. Eles serão divulgados no dia 1 de setembro. No primeiro trimestre, o crescimento do PIB nacional foi de 1,9%.

    Veja também: Quase 100% dos varejistas dizem ter problemas financeiros, aponta pesquisa