Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veículos sedãs são os mais buscados no 1º semestre de 2022, aponta pesquisa

    Segundo a pesquisa, carros como Honda Civic e Toyota Corolla lideraram as buscas considerando as categorias usados, novos e semi-novos

    Veículo Honda Civic (foto) foi o mais procurado do primeiro semestre, segundo o ranking
    Veículo Honda Civic (foto) foi o mais procurado do primeiro semestre, segundo o ranking Divulgação/Honda

    Tamara Nassifdo CNN Brasil Business*

    em São Paulo

    Veículos do tipo sedã foram os mais procurados pelos brasileiros ao longo do primeiro semestre de 2022, mostrou um levantamento recente feito pela Webmotors, plataforma de compra e venda de automóveis.

    Segundo a pesquisa, carros como Honda Civic e Toyota Corolla lideraram as buscas considerando as categorias usados, novos e semi-novos, cada qual marcando 4,4% e 3,6%, respectivamente.

    Em seguida, vieram Chevrolet Onix (2,8%), Volkswagen Gol (2,7%) e Fiat Palio (2,3%).

    Olhando apenas para veículos novos, porém, os modelos do tipo SUV ocuparam todas as cinco posições do ranking. Lidera o Jeep Compass (4,7%), seguido por Fiat Pulse (4,7%), Hyundai Creta (3,7%), Fiat Toro (3,3%) e Jeep Renegade (3,2%).

     

     

    Vale ressaltar que o levantamento considera tanto buscas que resultaram em propostas efetivas, quanto aquelas baseadas apenas em curiosidade.

    Entre as montadoras mais procuradas, Volkswagen (17,4%), Chevrolet (16,6%) e Fiat (12,1%) cravaram as primeiras posições do ranking semestral, seguidas por Ford (10,2%) e Honda (9,6%).

    A indústria automotiva vem enfrentando dificuldades na cadeia de suprimentos desde que a pandemia instaurou lockdowns ao redor do mundo, freando o fornecimento de peças, chips semicondutores e componentes eletrônicos.

    A política Covid-zero chinesa, que fechou cidades como Xangai, Pequim e Shenzen, também afetou o mercado global ao dificultar o transporte de peças. Com portos fechados, a oferta de navios e contêineres foi limitada, e as embarcações abastecidas ficaram congestionadas nos portos da segunda maior economia do mundo.

    Com o desequilíbrio na relação de oferta e demanda, os preços dos automóveis saltaram, refletindo em um número menos expressivo de vendas.

    *Sob supervisão de Thâmara Kaoru