Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nunes deixará protesto do dia 25 se existirem menções a atos antidemocráticos, diz assessoria

    Prefeito diz saber da importância do apoio de Bolsonaro, mas não quer que seu nome fique colado em eventuais ataques a instituições

    O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB)
    O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) 02/02/2024 - Reprodução/Instagram/prefeitoricardonunes

    Stêvão Limanada CNN

    São Paulo

    De acordo com a assessoria do prefeito paulistano, Ricardo Nunes (MDB) poderá deixar a manifestação do próximo domingo (25), a favor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), se houver menções a atos antidemocráticos.

    Nunes irá participar da manifestação, na Avenida Paulista, a convite do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), segundo fontes.

    Na última quinta-feira (22), durante a primeira agenda conjunta de Guilherme Boulos (PSOL) e Marta Suplicy (PT), que comporão chapa e serão seus adversários no pleito de outubro, Nunes foi alvo de críticas. Ele foi rotulado por Boulos, pré-candidato a prefeito, como “tchutchuca de Bolsonaro”. Em nota, Nunes rebateu as críticas.

    Nos bastidores, Nunes diz saber da importância do apoio de Bolsonaro, mas não quer que seu nome fique colado em qualquer tipo de menção a golpe de Estado, intervenção militar ou críticas aos ministros do Supremo Tribunal Federal, segundo fontes.

    A assessoria diz que o atual prefeito de São Paulo está tentando evitar repercutir tantos ataques enquanto o período eleitoral ainda não iniciou.