James Cameron obtém permissão especial para filmar ‘Avatar 2’ na Nova Zelândia


Da CNN
08 de junho de 2020 às 08:30 | Atualizado 08 de junho de 2020 às 09:27
Cena do filme 'Avatar'

O primeiro 'Avatar' é considerado o segundo filme de maior bilheteria da história

Foto: Reprodução/ Divulgação

A Nova Zelândia está aliviando praticamente todas as restrições que foram impostas no início da pandemia do novo coronavírus, já que o país zerou os casos ativos da doença. Apesar disso, todas as suas fronteiras permanecerão fechadas aos não residentes, para prevenir uma nova onda da Covid-19. Isto é, a menos que a pessoa consiga uma permissão especial.

Alguns turistas e empresários poderão entrar no país e trabalhar, se demonstrarem que levarão benefícios para a economia da Nova Zelândia.

O aclamado diretor de cinema James Cameron é uma dessas pessoas. Ele e sua equipe conseguiram uma permissão especial do governo neozelandês para trabalhar no filme Avatar 2 no país, segundo informações obtidas pela CNN nesta segunda-feira (8).

Assista e leia também:
Indústria do cinema é uma das mais afetadas pela crise do novo coronavírus
Cinemas dos EUA miram retomada com temporada tardia de blockbusters

O primeiro Avatar é considerado o segundo filme de maior bilheteria da história – atrás apenas de Vingadores: Ultimato -, arrecadando em torno de US$ 2,8 bilhões em todo o mundo em 2009.

O lançamento de Avatar 2 foi adiado de 18 de dezembro de 2020 para 17 de dezembro de 2021.