Chadwick Boseman, Beyoncé e a importância da representatividade no pop


Da CNN, em São Paulo
03 de setembro de 2020 às 09:30
Mari Palma apresenta o podcast Na Palma Da Mari, publicado sempre às quintas

Mari Palma apresenta o podcast Na Palma Da Mari, com novos episódios às quintas

Foto: CNN Brasil

Na semana passada, fomos surpreendidos pela morte do ator Chadwick Boseman, aos 43 anos, de câncer de cólon. O rei T’Challa de Pantera Negra levou milhões de espectadores aos cinemas e, mais do que isso, deixa um legado para jovens pouco habituados a verem heróis negros nas telas dos cinemas. 

Neste episódio do Na Palma da Mari, uma conversa sobre outra heroína dos nossos tempos: Beyoncé, aniversariante da semana, cujo álbum visual Black is King continua causando barulho. Por que representatividade é tão importante no mundo pop? Mari Palma discute o tema com dois especialistas: o diretor, roteirista e escritor Rodrigo França e o pesquisador de comunicação, mídia e cultura pop da Universidade Federal de Pernambuco Thiago Soares.

Leia e ouça também:

Chadwick Boseman: artistas lamentam morte do ator de ‘Pantera Negra’

Beyoncé lança álbum visual 'Black is King' que celebra cultura negra

Na Palma da Mari: Filmes, séries e autores negros para entender o racismo

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

Coronavírus: Fato x Ficção

E Tem Mais

Horário de Brasília

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(Edição: Amauri Arrais)