Baterista da banda Lagum morre de parada cardiorrespiratória após show


Matheus Prado, da CNN, em São Paulo
13 de setembro de 2020 às 08:36 | Atualizado 14 de setembro de 2020 às 12:24

Breno Braga, baterista da banda mineira Lagum conhecido como “Tio Wilson”, morreu após parada cardiorrespiratória na noite de sábado (12). Segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais, Braga teria se sentido mal após um show e, apesar de uma unidade do Samu se deslocar até o local para atendê-lo às 22h30, não resistiu e morreu no local. Ele tinha 34 anos.

A banda participava do festival GO DREAM, que ocorria no estacionamento da Universidade Milton Campos, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte. O evento, que funcionava no formato drive-in, teria dois shows da banda, um às 21h e outro às 23h. O músico passou mal entre as duas apresentações.

Leia também:
Elza Soares: 'Ninguém esperava por esse momento tão drástico, tão estranho'
Oscar: Academia define requisitos de diversidade para candidatos a melhor filme

breno braga

 

Foto: Reprodução/Instagram/Breno Braga

No Instagram, a banda confirmou a morte e homenageou Braga. “É com profunda e imensa tristeza que a Equipe Lagum comunica o falecimento de Breno Braga, nosso querido Tio Wilson”, diz o texto. “Desde já, agradecemos o amor ao nosso irmão e as mensagens de solidariedade.”

Lagum foi formada em 2014 na cidade de Belo Horizonte e vem ganhando espaço no cenário nacional. Há dois meses, a banda lançou a música “Será”, com participação da cantora Iza.