'The Undoing' apresenta Nicole Kidman em mistério parecido com 'Big Little Lies'

HBO tenta emplacar mais um mistério familiar com Nicole Kidman

Brian Lowry, da CNN
25 de outubro de 2020 às 07:00
Cena de 'The Undoing', nova série da HBO com Nicole Kidman
Foto: Cortesia da HBO

“The Undoing” deve muito às primeiras minisséries da HBO, mas o resultado final parece um “Big Little Lies” em versão resumida. Reunindo a atriz Nicole Kidman e o escritor-produtor David E. Kelley, a produção em seis partes gira em torno de um mistério de assassinato e julgamento.

No entanto, mesmo com suas reviravoltas, não possui as qualidades necessárias para se tornar outra obsessão. 

Assim como em “Big Little Lies”, o roteiro é adaptado de um livro, e toda a série foi dirigida pela cineasta dinamarquesa Susanne Bier (vencedora do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2011). Em tese, a série é uma continuidade da visão semelhante à do diretor de “Big Little Lies”, Jean-Marc Vallee.

Outra comparação óbvia seria com a série da HBO “The Night Of”,também construída em torno de um assassinato, embora de uma forma que se mostrou consideravelmente mais convincente. 

O “desfazer” (“undoing”) do título refere-se à vida privilegiada e mimada de Grace Fraser (Kidman), uma terapeuta casada com um oncologista pediátrico, Jonathan (Hugh Grant). Sua vida feliz, no entanto, é perturbada quando a mãe de um dos pacientes dele é encontrada morta.

A mulher (vivida pela atriz italiana Matilda de Angelis) — dispensada de forma arrogante da concessão de uma bolsa de estudos pelos pais ricos de Grace, amigos da escola particular de seu filho — tinha entrado de forma desajeitada em seu círculo social.

As coisas começam a se desenrolar rapidamente depois disso, com a polícia farejando e novas revelações emergindo sobre a profundidade da traição de Jonathan. A questão é se Grace pode acreditar que o homem com quem ela se casou e amou poderia realmente ter cometido um crime tão brutal. É um enigma hitchcockiano, mas que se mostra um pouco fraco em sua apresentação. 

Leia também
Série 'Dexter' ganhará continuação de 10 episódios
Netflix, HBO, Amazon: Descubra qual plataforma combina com você e com seu bolso

A presença mais galvanizante, na verdade, acaba sendo Donald Sutherland como o pai rico de Grace, que nunca gostou muito do genro e usa seu dinheiro e influência para ajudar sua filha, sem apoiar nenhuma inclinação que ela possa ter em apoiar seu marido. 

Deixando as circunstâncias favoráveis de lado, a irmandade das mães da escola apenas reforça as comparações inevitáveis com “Big Little Lies”. Nicole Kidman e Hugh Grant estão perfeitos como casal central, mas ambos estrelaram em minisséries melhores e ligeiramente mais espalhafatosas sobre a classe privilegiada recentemente (além de “Big Little Lies”, com ela, a série "A Very English Scandal” protagonizada por Grant) para fazer esse esforço parecer pálido em contraste. 

Tomado estritamente em seus próprios méritos, “The Undoing” é bastante divertido, como o equivalente na TV daquele livro para ler nas férias na praia. Entretanto, é difícil avaliar tal projeto em um vácuo, dada a abundância de opções com temas semelhantes. 

Tradicionalmente, todo mundo adora um bom mistério de assassinato. Hoje em dia, porém, há consideravelmente menos paciência com um que é apenas OK. 

“The Undoing" estreia em 25 de outubro na HBO. Assim como a CNN, a HBO faz parte da WarnerMedia. 

 (Texto traduzido,clique aqui para ler o original em inglês).