'Pantera Negra 2' deve estrear em 2022 e Chadwick Boseman não será substituído

Presidente da Marvel disse que sequência de Pantera Negra "honrará legado" de Boseman, mas que T'Challa não será interpretado por outro ator

Por Jill Serjeant, da Reuters
11 de dezembro de 2020 às 02:15 | Atualizado 11 de dezembro de 2020 às 11:10


O papel de Chadwick Boseman não ganhará um novo intérprete na sequência de 'Pantera Negra', anunciou o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, nesta quinta-feira (10).

Feige disse em uma apresentação da Disney para investidores que o desempenho de Boseman como  T'Challa, o líder negro da terra fictícia de Wakanda era icônico e que ele não seria substituído.

Leia também:
Chadwick Boseman recebe prêmio póstumo no MTV Movie & TV Awards

O ator Chadwick Boseman como o rei T'Challa, de Pantera Negra
Foto: Reprodução

Boseman morreu em agosto de câncer de cólon aos 43 anos, após uma batalha de quatro anos contra a doença que ele manteve em segredo.

Feige disse que, sem um novo ator interpretando o personagem, a sequência honraria o legado de Boseman ao continuar a "explorar o mundo de Wakanda e todos os personagens ricos e variados introduzidos no primeiro filme".

O chefe da Marvel não deu detalhes, mas disse que a sequência deveria chegar aos cinemas em julho de 2022.

A produtora executiva do filme, Victoria Alonso negou no mês passado as especulações de que os cineastas planejavam usar um dublê digital para Boseman na sequência.

Alonso foi citado como tendo dito ao jornal argentino Clarín em uma entrevista em novembro que os cineastas estavam demorando para decidir como continuar a história.

O último filme de Boseman, o drama "Ma Rainey's Black Bottom", será lançado pela Netflix em 18 de dezembro.