Paul McCartney gravou todos instrumentos em disco produzido na quarentena; ouça

Ex-Beatle produziu sozinho e cantou todos os vocais nas 11 faixas de "McCartney III", seu 18º álbum solo; Ringo Starr prepara disco para 2021

Lauren Johnson, da CNN
20 de dezembro de 2020 às 08:21
Paul McCartney durante leitura de trechos de livro 'Hey Grandude!' a crianças em evento em Londres
Foto: Toby Melville - 9.set.2019/Reuters

Paul McCartney lançou oficialmente um álbum gravado durante a quarentena contra o novo coronavírus.

"McCartney III" é o 18º álbum solo do ex-Beatle. O álbum foi lançado na sexta-feira (18) e traz 11 novas músicas. Ouça na sua plataforma de streaming favorita.

O artista, de 78 anos, toca todos os instrumentos e canta todos os vocais, assim como em seus dois álbuns solo homônimos anteriores, "McCartney", de 1970, e "McCartney II", lançados em 1980.

Além do álbum, ele lançou o primeiro videoclipe do projeto para a música "Find My Way" (assista abaixo).

Assista e leia também:
Lenda dos Beatles, Paul McCartney diz que se vacinará assim que for autorizado

Ele não foi, no entanto, o único ex-Beatles que se aventurou em um projeto musical durante o período de isolamento.

Ringo Starr anunciou um álbum de cinco canções chamado "Zoom In", que traz contribuições do próprio Paul McCartney, além de Dave Grohl e Finneas.

Na terça-feira, Ringo, de 80 anos, lançou uma música, "Here To The Nights" – ouça na sua plataforma de streaming preferida –, escrita com a compositora Diane Warren. O álbum completo do ex-baterista dos Beatles será lançado pela Universal no próximo ano.

(Texto traduzido; leia o original em inglês)