Netflix pode reprimir o compartilhamento de senha entre usuários

Plataforma de streaming está lançando alertas que pedem confirmação de acesso na conta dos usuários

Clare Duffy, do CNN Business
12 de março de 2021 às 10:46 | Atualizado 12 de março de 2021 às 14:41
logo Netflix
Logo da Netflix (14/10/2014)
Foto: Mike Blake/File Photo/Reuters

Se você estiver usando a conta do pai do namorado de sua irmã na Netflix, preste atenção.

A Netflix está testando um novo recurso que pode ajudá-la a reprimir o compartilhamento de senhas: o lançamento de alertas pedindo aos usuários que verifiquem se estão autorizados ao acesso na conta.

“Este teste foi desenvolvido para ajudar a garantir que as pessoas que usam contas da Netflix sejam autorizadas a fazê-lo”, disse um porta-voz da Netflix em comunicado. Os termos de serviço da empresa afirmam que as contas “não podem ser compartilhadas com pessoas fora de sua casa”.

Quando um usuário seleciona seu perfil em uma conta compartilhada da Netflix, um pop-up solicita que ele verifique a conta, confirmando com um texto ou e-mail enviado ao titular da conta. Os usuários também podem optar por verificar mais tarde; nesse caso, o pop-up aparecerá novamente em um momento posterior indeterminado. Se eles não puderem confirmar que são um usuário autorizado, os visualizadores serão solicitados a configurar uma nova conta.

Mas, antes que você entre em pânico, o novo recurso é apenas um teste e está sendo lançado para um número limitado de usuários que assistem no aplicativo Netflix.

A atualização ocorre no momento em que a audiência da Netflix disparou durante a pandemia. Ela chegou a 200 milhões de usuários no mês passado, e seu estoque é acima de quase 50% desde março do ano passado. Mas a empresa pode enfrentar desafios futuros, visto que as pessoas passam menos tempo presas em casa durante 2021.

A Netflix e outras plataformas de streaming vêm lutando para saber como lidar com o compartilhamento de senhas – e se deveriam se preocupar em tentar evitá-lo – por anos. Em uma teleconferência de resultados de 2019, o diretor de produtos da Netflix destacou que a empresa estava focada em evitar o compartilhamento de senhas, mas ainda estava procurando maneiras de aplicá-lo.

Texto traduzido. Leia o original em inglês.