Padre Julio Lancellotti diz que Paulo Gustavo doou R$ 1,5 milhão para a caridade

A entidade Obras Sociais Irmã Dulce confirmou a doação e revelou que o ator também doou recursos para compra de EPIs e testes para diagnóstico de Covid-19

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo
05 de maio de 2021 às 08:39 | Atualizado 05 de maio de 2021 às 09:55
Paulo Gustavo promove o filme 'Minha Mãe é uma Peça', em São Paulo
O ator e humorista Paulo Gustavo promove o filme 'Minha Mãe é uma Peça', em São Paulo
Foto: Fábio Guinalz - 10.jun.2013/Estadão Conteúdo

Após a morte do ator e diretor Paulo Gustavo na noite desta terça-feira (4), o padre Julio Lancellotti revelou nas redes sociais que o humorista doou R$ 1,5 milhão para a construção de centro de tratamento de câncer. 

Segundo o padre, o ator doou os valores para as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). "Muita gente não sabe, mas o ator Paulo Gustavo era grande benemérito das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid). Paulo Gustavo doou R$ 600 mil para a construção de uma unidade de oncologia da Osid". 

Após o início das obras, o humorista voltou a doar. "Em 2017, quando a obra de construção iniciou, ele visitou o espaço. O apoio não parou por aí. Segundo a superintendente da Osid e sobrinha de Santa Dulce, Maria Rita, Paulo Gustavo doou à instituição um total de 1,5 milhão".

Também pelas redes sociais, a entidade filantrópica lamentou a morte de Paulo Gustavo e revelou que o ator também fez outras doações à instituição. 

"Com um coração grandioso, ele amou os pobres e doentes de Dulce, deixando suas pegadas na casa do Anjo Bom e sua presença nos corações dos acolhidos por ela", diz um trecho da publicação. 

"Nunca esqueceremos de vossa dedicação aos pacientes da instituição, exemplificada na unidade que construíste para atendimento às pessoas em tratamento de câncer. Nunca esqueceremos do carinho para com nosso profissionais, ao prover os recursos necessários para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes para diagnóstico da Covid-19; entre inúmeras outras ações solidárias."

A entidade ainda revela uma das últimas mensagens enviada pelo ator às Obras Sociais Irmã Dulce. "Eu estou de longe, mas estou conectado com vocês no amor e na torcida para que tudo dê certo", diz o post.

Paulo Gustavo morreu na noite desta terça-feira (4) em decorrência de complicações da Covid-19. Ele tinha 42 anos e deixa dois filhos de 1 ano de idade, Romeu e Gael, e o marido, o médico Thales Bretas, com quem se casou em dezembro de 2015.