CNN Tonight: O que é pessoa não binária, identidade revelada por Demi Lovato

Talk show apresentado por Mari Palma, Gabriela Prioli e Leandro Karnal fala sobre gênero e identidade

Da CNN, em São Paulo
27 de maio de 2021 às 00:04 | Atualizado 28 de maio de 2021 às 20:51

Ao revelarem orientação sexual ou identidade de gênero diferente da esperada, artistas aumentam a discussão a respeito da população LGBTQIA+ e da diversidade. Os casos mais recentes, da cantora Demi Lovato e da atriz e diretora Bárbara Paz, chamaram atenção pela revelação de que são pessoas não-binárias.

"A partir do momento que temos figuras públicas tendo a possibilidade de expressar seus sentimentos e suas expressões sobre si próprios, isso dá voz a outras pessoas que talvez passem por esse mesmo momento, de não se entenderem em seu próprio corpo, se olharem no espelho e não se reconhecerem, é importante", afirma André Fischer, autor do "Manual Prático de Linguagem Inclusiva" ao CNN Tonight.

Não-binária, por definição, é a pessoa que não se identifica nem com o gênero masculino, nem com o gênero feminino. A identidade de gênero é diferente da orientação sexual.

A orientação sexual diz respeito à atração afetiva e sexual, se uma pessoa se atrai por homens ou por mulheres, por exemplo. Já a identidade de gênero diz respeito à autoidentificação da pessoa, como ela se enxerga e quer ser entendida pela sociedade em relação ao seu gênero.

O talk show apresentado por Mari Palma, Gabriela Prioli e Leandro Karnal, exibido na quarta-feira (26), teve como tema identidade de gênero.

Leandro Karnal explica que identidade de gênero não é uma discussão nova, tratada desde a pré-história e que atravessou as sociedades clássicas e a Idade Média até chegar aos dias de hoje. "Esta é a primeira vez que estamos discutindo o assunto não para destruir, mas sim para reconhecer que o ser humano é diverso", afirma o historiador e apresentador da CNN.