Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Acusada de vender drogas que podem ter causado morte do neto de De Niro é presa nos EUA

    Sofia Haley Marks teria vendido substâncias para o jovem antes dele ser encontrado morto em seu apartamento no início do mês

    Leandro De Niro e Robert De Niro
    Leandro De Niro e Robert De Niro Montagem CNN

    Marina Toledoda CNN

    em São Paulo

    Uma suposta traficante de drogas, conhecida como “Princesa Percocet”, foi presa, na quinta-feira (13), em Nova York, por conexão com a morte do neto de 19 anos do ator Robert De Niro, Leandro. As informações são do “New York Post”.

    Segundo a publicação, Sofia Haley Marks teria vendido drogas para o jovem antes dele ser encontrado morto em seu apartamento em Manhattan no início do mês

    Ela foi detida pela Justiça americana por distribuição de narcóticos e deve ser acusada formalmente no tribunal federal de Manhattan na manhã desta sexta-feira (14).

    Ainda de acordo com o “New York Post”, a polícia está investigando desde o início a morte de Leandro como uma possível oversode depois que uma substância branca em pó e acessórios para drogas foram encontrados perto do corpo do adolescente.

    A causa da morte oficial ainda não foi revelada.

    A mãe de Leandro, filha de De Niro, disse que acredita que seu filho morreu depois de tomar comprimidos misturados com fentanil – opioides que agem como depressores do sistema nervoso central, diminuindo a frequência cardíaca, a pressão arterial e o fluxo de oxigênio. 

    “Alguém vendeu a ele pílulas com fentanil que eles sabiam que estavam misturados, mas ainda as vendeu para ele”, escreveu no Instagram em resposta a um comentário perguntando sobre a causa da morte de seu filho.

    “Então, para todas essas pessoas que ainda vendem e compram essas merdas, meu filho se foi para sempre”, acrescentou.

    Leandro De Niro Rodriguez também foi ator como o avô. Ele apareceu, junto com sua mãe, no filme de 2018 “Nasce Uma Estrela”, estrelado por Bradley Cooper e Lady Gaga.

    Seus outros créditos de atuação incluem “The Collection” em 2005 e “Cabaret Maxime” em 2018, de acordo com o IMDB.