Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mulher é presa após invadir casa de Robert De Niro em Nova York, diz fonte

    Suspeita é conhecida do Departamento de Polícia de Nova York por prisões anteriores e é um dos cinco maiores assaltantes da delegacia

    John Millerda CNN

    A polícia da cidade de Nova York prendeu uma mulher que invadiu a casa de Robert De Niro na manhã desta segunda-feira (19), de acordo com uma fonte policial.

    A mulher não interagiu com o ator, que estava em outro andar, disse a fonte. A suspeita é conhecida do Departamento de Polícia de Nova York por prisões anteriores e está entre os cinco maiores assaltantes da delegacia, disse a fonte.

    Duas fontes policiais afirmaram que Shanice Aviles, 30, foi presa na segunda-feira em conexão com o roubo. Ela já havia sido presa duas vezes este mês por várias acusações de roubo em Nova York, disse uma fonte policial à CNN.

    Oficiais da 19ª Delegacia viram a mulher andando por uma rua no Upper East Side de Manhattan na manhã de segunda-feira, tentando portas diferentes para prédios comerciais antes de supostamente arrombar a porta de um prédio residencial.

    Eles a seguiram e a prenderam no primeiro andar, disse a fonte.

    Por volta das 2h45 do horário local, os policiais prenderam a mulher de 30 anos dentro de uma residência enquanto ela tentava efetuar roubos, disse à CNN um porta-voz do vice-comissário de informações públicas do NYPD.

    A porta do porão da residência apresentava sinais de entrada forçada, disse o porta-voz. A mulher foi presa em flagrante.

    O porta-voz não confirmou quem era o dono da casa.

    Suspeita é ‘garota-propaganda’ de problemas da reforma da fiança, diz fonte

    A fonte da aplicação da lei disse à CNN que a suspeita no caso é “a garota-propaganda” dos problemas com as mudanças controversas e examinadas na reforma da fiança do estado de Nova York.

    De acordo com as leis de reforma da fiança do estado de Nova York que foram implementadas em 2020, o roubo era um crime inafiançável.

    Mas por causa da pressão dos policiais e do prefeito de Nova York, Eric Adams, devido à reincidência em crimes de roubo e furto, a lei foi ajustada para permitir que os juízes estabeleçam fiança nos casos em que uma pessoa foi presa novamente por certos crimes que prejudicaram pessoas ou propriedades após serem libertadas por um crime semelhante.

    Os juízes não parecem estar aplicando essa exceção, afirma uma fonte policial, com base no que a polícia está vendo no local.

    A mulher teve 27 detenções e dois mandados de prisão ativa por não comparecer ao tribunal no momento de sua prisão, disse a fonte.

    “Ela é literalmente a garota-propaganda de tudo o que há de errado com o sistema”, disse a fonte policial.

    De acordo com as estatísticas do NYPD, a taxa de reincidência criminal por roubo em 60 dias em 2021 foi de 24%. As estatísticas de 2017, antes da reforma da fiança, mostram que a taxa de reincidência era de 7%.

    As estatísticas atuais do NYPD de 2022 até agora mostram que a taxa está estável em 24%.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original