Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ana de Armas chora após “Blonde” ser ovacionado por 14 minutos em Veneza

    Filme concorre ao principal prêmio do festival de cinema, o Leão de Ouro, e foi exibido nessa quinta-feira (8) durante o evento

    Marianne Garveyda CNN

    Ana de Armas ficou emocionada com a estreia de sua cinebiografia de Marilyn Monroe, “Blonde”, no Festival de Cinema de Veneza.

    O filme foi aplaudido de pé por 14 minutos nessa quinta-feira (9) onde Ana De Armas foi vista enxugando lágrimas do rosto e abraçando seu colega de elenco, Adrien Brody.

    A atriz interpreta Monroe no filme, que foi adaptado do romance de mesmo nome de Joyce Carol Oates. Brody interpreta seu terceiro marido, Arthur Miller.

     

    Brody já havia elogiado sua atuação na coletiva de imprensa do filme, dizendo que De Armas conseguiu transportá-lo “para outro tempo e lugar”.

    De Armas disse ao “Sunday Times” do Reino Unido que o papel exigia muita preparação.

    “Demorei nove meses treinando dialetos, praticando e algumas sessões adicionais de substituição de diálogos [para aperfeiçoar o sotaque]. Foi uma grande tortura, tão exaustivo. Meu cérebro estava frito”, disse ela ao canal.

    Brad Pitt, produtor do filme, também compareceu à estreia.

    Em entrevista aos repórteres durante o festival, ela afirmou que Marilyn Monroe participou de alguma maneira da produção. “Eu realmente acredito que ela estava muito perto de nós. Ela estava conosco”.

    “Blonde” chega à Netflix em 28 de setembro.

    *Com informações da Reuters.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original