Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Anne Hathaway relembra aborto espontâneo em 2015: “Muito difícil”

    Atriz disse ter se surpreendido ao saber que muitas mulheres passam pela mesma situação

    Atriz Anne Hathaway
    Atriz Anne Hathaway Monica Schipper/Getty Images

    Fernanda Pinottida CNN em São Paulo

    A atriz Anne Hathaway falou sobre o aborto espontâneo que sofreu em 2015 e sobre o “inferno da infertilidade e da concepção” em entrevista à Vanity Fair.

    Ao anunciar sua segunda gravidez, em um post no Instagram em 2019, a atriz escreveu na legenda da foto: “Para todos que estão passando pelo inferno da infertilidade e da concepção, saibam que não foi uma linha reta em nenhuma das minhas gestações. Enviando muito amor para vocês.”

    Na entrevista, Hathaway explicou que, devido à dificuldade e ao doloroso processo de tentar engravidar, ela achou que “seria falso postar algo tão feliz quando sei que a história tem muito mais nuances do que isso para todos”.

    “Na primeira vez não deu certo para mim”, relembrou Anne Hathaway, se referindo ao aborto espontâneo que sofreu em 2015, enquanto estava em cartaz com uma peça. Ela contou o que havia acontecido aos seus amigos após se apresentar, quando eles foram visitá-la nos bastidores.

    “Era demais manter a calma quando eu estava no palco fingindo que estava tudo bem. Eu tive que ser verdadeira”, explicou. “É muito difícil querer tanto algo e se perguntar se você está fazendo algo errado”.

    Após esse momento, ela decidiu que deveria compartilhar sua experiência com outras mulheres, e se surpreendeu ao saber que muitas de suas amigas haviam passado por experiências semelhantes.

    “Pensei: Onde está esta informação? Por que nos sentimos tão desnecessariamente isoladas? É aí que sofremos danos. Então decidi que iria falar sobre isso”, acrescentou.

    “O que partiu meu coração, me surpreendeu e me deu esperança foi que durante três anos depois disso, quase diariamente, alguma mulher veio até mim chorando e eu simplesmente a abraçava, porque ela estava carregando essa [dor] por aí e de repente, não era mais tudo só dela”, revelou a atriz.