Ator de ‘Shang-Chi’ pediu herói asiático para Marvel em 2014: ‘Funcionou’

Em entrevista à CNN, Simu Liu comemora chegada de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis; filme estreia nesta quinta-feira (2)

Mari Palmada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Capitão América, Homem de Ferro, Thor, Hulk, Viúva Negra, Homem Aranha… todos esses nomes você já conhece muito bem. Agora a Marvel traz mais um grande nome pra sua lista de super heróis: Shang-Chi, o primeiro herói asiático do MCU.

“Super-heróis representam esperança, possibilidades. Eu assistia Capitão América e Thor e pensava ‘isso é ótimo. Mas quando podemos ter o nosso?’”, lembra o ator Simu Liu, que interpreta o protagonista do filme.

Ele levou esse questionamento pro Twitter – porque, afinal, é o que todo mundo faz né? – em 2014, ou seja, há mais de 7 anos. “Hey @Marvel, ótimo trabalho com Capitão América e Thor. Agora que tal um herói americano asiático?”. Bem aquela indireta do bem, sabe?

Ele deu uma entrevista pra gente aqui na CNN e eu logo perguntei se aquele tweet funcionou. “Eu diria que sim, funcionou! Agora se você me perguntasse se eu achava que funcionaria naquela época, quando eu tuitei, minha resposta seria bem diferente, sabe? (…) Sempre fui um grande fã do MCU, da Marvel, de super-heróis em geral. É algo que sinto que toda comunidade merece ter. (…) Nunca pensei em um milhão de anos que iria interpretá-lo [o primeiro herói asiático da Marvel]. Eu só queria que existisse, sabe? E fico feliz que agora existe”.

“Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis” estreia nesta quinta-feira (2) nos cinemas, abrindo oficialmente a nova fase da Marvel nos cinemas. É o primeiro filme da Disney desde o começo da pandemia que não é lançado ao mesmo tempo no streaming, como “Viúva Negra”. Um belo começo, eu diria (sim, eu já vi e não vou dar spoilers, prometo).

Clica no vídeo aí em cima pra conferir a entrevista completa com o ator; ele falou sobre a preparação pra fazer as cenas de luta e ainda mandou um recado pra todos os fãs brasileiros.

(Com produção de Mylene Guerra)

Mais Recentes da CNN