Ator Ezra Miller é preso no Havaí por conduta inapropriada em bar

Conhecido por seu papel como "Flash" no universo cinematográfico da DC, Miller foi liberado após pagar fiança

Ezra Miller no filme "Liga da Justiça"
Ezra Miller no filme "Liga da Justiça" Reprodução/DC

Da Reuters

Ouvir notícia

O ator americano Ezra Miller foi preso no estado do Havaí (EUA) nesta segunda-feira (28), acusado de conduta inapropriada e assédio.

Segundo o Departamento de Polícia do Havaí, Miller, que intepreta o “Flash” no universo cinematográfico da DC, foi detido após um incidente em um bar em Hilo.

“Pouco depois da meia-noite de segunda-feira, 28 de março de 2022, um homem de 29 anos que vinha de Vermont foi preso acusado de conduta inapropriada e assédio após um incidente em um bar em Hilo”, informou a polícia em comunicado.

“No domingo, 27 de março, os agentes de South Hilo responderam a uma denúncia de desordem em um bar. Durante a investigação, a polícia determinou que o homem, identificado como Ezra Miller, ficou agitado quando os clientes no bar começaram a cantar karaokê. Miller gritou palavras obscenas e pegou o microfone de uma mulher de 23 anos cantando karaokê e depois atacou um homem de 32 anos com dardos. O dono do bar pediu a Miller para se acalmar várias vezes, sem sucesso”.

Depois de ser preso e acusado de ambos os crimes, Miller foi liberado mais tarde depois de pagar fiança de US$ 500 (cerca de R$ 2.400).

Em 2020, Miller admitiu que não “pretende” que as pessoas o “entendam”. A estrela de “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald” disse: “Sou clandestino.

“As pessoas não me entendem. Eu não pretendo que elas me entendam, certo? Eu quero uma certa confusão e me sinto confortável em compartilhar isso. Tenho planos que nenhuma alma, mesmo nas minhas esferas mais próximas, conhece”, afirmou o ator.

“Conto histórias de várias maneiras; estou fazendo muitos tipos diferentes de trabalho ao mesmo tempo. Todos eles se relacionam. Alguns usam minha imagem pública, outros não”.

Mais Recentes da CNN