Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Gisele Bündchen e Tom Brady contrataram advogados para divórcio, diz fonte à CNN

    Modelo brasileira e jogador de futebol americano já vivem em casas separadas desde setembro, de acordo com informações da fonte

    O jogador de futebol americano Tom Brady e a modelo Gisele Bündchen
    O jogador de futebol americano Tom Brady e a modelo Gisele Bündchen Reprodução/CNN

    Chloe Melasda CNN

    A top model brasileira Gisele Bündchen e o jogador de futebol americano Tom Brady, que vivem separados desde o mês passado, contrataram advogados de divórcio e estão “explorando as opções” em relação ao casamento. As informações foram passadas à CNN por uma fonte próxima ao casal, nesta terça-feira (5).

    No mês passado, Brady, sete vezes campeão do Super Bowl e que atualmente joga pelo Tampa Bay Buccaneers, e a top model, uma fonte informou à CNN que o casal estava com problemas conjugais.

    Os dois, que se casaram em 2009, estariam “vivendo separadamente”, disse a fonte, que é próxima a Bündchen, em setembro.

    O campeão de futebol americano de 45 anos se aposentou da NFL em fevereiro, mas reverteu a decisão. Ele tirou uma licença de 11 dias dos treinos para “lidar com coisas pessoais”, de acordo com seu técnico Todd Bowles.

    Em uma entrevista à revista Elle publicada no mês passado, Gisele, de 42, disse que tinha “preocupações” com o retorno do marido ao esporte depois de se aposentar no inverno passado.

    “É um esporte muito violento, tenho meus filhos e gostaria que ele estivesse mais presente”, disse a modelo à publicação.

    “Eu definitivamente tive essas conversas com ele várias vezes. Mas, em uma última análise, sinto que todos têm que tomar uma decisão que funcione para eles. Ele precisa ter sua alegria também”, afirmou a brasileira.

    Em uma conversa recente em seu podcast, Brady falou sobre alguns dos custos pessoais de jogar na NFL por duas décadas.

    “Não tenho um Natal há 23 anos e não tenho um Dia de Ação de Graças há 23 anos também. Não celebrei aniversários com pessoas que me importam que nasceram entre agosto e o final de janeiro. E não posso estar em funerais e casamentos”, disse Brady.

    “Acho que chega um ponto em sua vida em que você diz: ‘Quer saber? Eu já tive o suficiente para continuar, para passar para outras partes da vida”, afirmou o atleta.

    A CNN entrou em contato com representantes de Brady e Gisele para comentar, mas não teve resposta.