Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Harrison Ford contou com a ajuda de 100 profissionais para rejuvenescer em “Indiana Jones”

    Ator estrelou o primeiro filme em 1981; último longa da franquia, "Indiana Jones e o Chamado do Destino", está em cartaz nos cinemas

    Com 80 anos, astro se despede de personagem ansioso por aventuras
    Com 80 anos, astro se despede de personagem ansioso por aventuras Divulgação/Lucasfilm

    Larissa Santiagocolaboração para a CNN

    São Paulo

    Harrison Ford tinha quase 40 anos quando interpretou pela primeira vez o arqueólogo Indiana Jones. No último filme da saga, que está em cartaz nos cinemas, o ator tinha 80 anos.

    O astro, de acordo com a revista “Variety”, precisou de uma equipe de mais de 100 profissionais especialistas em edições e efeitos visuais para que pudesse aparecer com uma aparência mais nova em “Indiana Jones e o Chamado do Destino“.

    Foram três anos aprimorando e desenvolvendo tecnologias de antienvelhecimento que depois foram aplicadas nas cenas em que o ator estava envolvido.

    A empresa responsável por esse processo informou que esse tipo de técnica já havia sido usada em outros filmes como “Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania”, da Marvel, e “O Irlandês”, estrelado por Robert De Niro, Martin Scorsese e Al Pacino.

    Andrew Whitehurst, supervisor de efeitos visuais do longa, e Robert Weaver, supervisor de efeitos visuais da Industrial Light and Magic, disseram que esse seria o maior projeto em que estavam envolvidos.

    Foi necessário um conjunto de ferramentas 3D, fotos dos personagens e dos sets (incluindo de filmes anteriores), argila crua, câmeras, referências de iluminação e até um processo de escaneamento da cabeça de Harrison.

    Phoebe Waller-Bridge e Harrison Ford em “Indiana Jones e o Chamado do Destino”

    Foi assim que eles conseguiram trazer uma versão mais jovem do aventureiro para o filme atual.

    A disposição de Harrison Ford para o processo também foi elogiada pela equipe, pois era um trabalho extenso e cansativo.

    “Havia algumas centenas de artistas envolvidos no processo do início ao fim, trabalhando nas várias cenas. Mas só conseguimos isso porque a confiança no desempenho de Harrison foi de extrema importância. Ele foi a principal força do que precisávamos fazer aquela performance exata de uma pessoa mais jovem”, disse Weaver.

    “Indiana Jones e o Chamado do Destino” está em cartaz nos cinemas e possivelmente estará disponível na plataforma de streaming Disney+. O elenco conta também com Mads Mikkelsen, Phoebe Waller-Bridge (estrela da série Fleabag), Antonio Banderas, Ethann Isidore, Shaunette Renée Wilson e Toby Jones.