Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Harry e Meghan enfrentam dificuldades para manter padrão de vida nos EUA

    Casal estaria gastando uma quantia enorme de dinheiro, segundo a imprensa internacional

    Duquesa e duque de Sussex
    Duquesa e duque de Sussex Divulgação/Netflix

    Da CNNda CNN

    Depois de Harry e Meghan Markle abrirem mão dos títulos reais da nobreza britânica e se mudarem para os Estados Unidos, muitos acordos multimilionários foram feitos com plataformas de streaming, editoras e outras parcerias – mas não o suficiente para manter o mesmo padrão de vida que levavam na Inglaterra, revelou o site RadarOnline.

    Segundo a publicação, o casal teria hipotecado a mansão que vive desde 2020, em Montecito, na Califórnia – onde foi gravada a série “Harry & Meghan”, da Netflix.

    Além da manutenção da casa, que tem seis quartos, dois jardins, horta, galinheiro, piscina, hidromassagem, salão de jogos, de spa e de teatro, entre outros luxos, “há as contas da equipe e segurança pessoal”, disse uma fonte ao site.

    De acordo com a imprensa internacional, o gasto diário que Harry e Meghan têm para garantir a própria segurança e de seus dois filhos (Archie Harrison, de 3 anos, e Lilibet Diana, de 1) seria entre 2 e 3 milhões de dólares.

    Ainda nesta quinta-feira (16), sites britânicos e americanos noticiaram que a mansão está à venda por 33,5 milhões de dólares.

    No final de 2022, o livro “Spare”, assinado pelo ex-príncipe britânico e que reúne alguns segredos da família real, se tornou um best-seller de vendas.

    No entanto, fontes próximas ao casal acreditam, de acordo com o RadarOnline, que o lucro pode não ser o bastante para seguir o mesmo estilo de vida que estava acostumado.

    Acredita-se que Harry não possui repertório o suficiente para lançar, pelo menos, mais três livros, como diz o acordo (de 35 milhões de dólares) com a editora Penguim Random House.