Lia Bock: As empresas precisam rever a forma como lidam com casos de assédio

'O modelo de reportagem que foi usado segue o modelo norte-americano usado no caso Harvey Weinstein', disse ela no programa de hoje

Da CNN

Ouvir notícia

 

No Manual do Mundo Moderno desta segunda-feira (7), na CNN Rádio, Lia Bock comentou sobre a reportagem da revista piauí a respeito do suposto caso de assédio sexual envolvendo os comediantes Marcius Melhem e Dani Calabresa, assunto mais buscado no Google Brasil durante o fim de semana.

“O modelo de reportagem que foi usado segue o modelo norte-americano utilizado no caso Harvey Weinstein: um jornalismo investigativo focado no assédio e que tenta fazer uma reconstituição e checagem dos fatos”, explicou Lia.

Assista e leia também:
Lia Bock: As fake news sobre vacinas e o perigo da desinformação
Lia Bock: Elliot Page e a necessidade do respeito aos transexuais
Lia Bock: A retrospectiva do Spotify e o feminejo (de novo) no topo

Cartela Manual do Mundo Moderno (Rádio CNN)
Lia Bock comanda o Manual do Mundo Moderno na Rádio CNN
Foto: CNN Brasil

Ela disse que se a empresa de telecomunicação envolvida nos fatos “tivesse agido de uma outra maneira, com uma postura mais proativa e mais transparente, talvez a gente estaria vendo outro cenário hoje”.

Para Lia, o escrutínio feito com relação à história toda “é fruto de uma forma equivocada de lidar com o caso quando ele surgiu”. Ela alertou para a necessidade de as companhias reverem as formas com as quais lidam com casos de assédio. “A sociedade hoje não tolera mais alguns comportamentos. Um deles é esse ‘jogar para debaixo do tapete'”, afirmou.

Mais Recentes da CNN