Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Lollapalooza: show do Limp Bizkit tem referência ao Woodstock 99 e figurino meme

    Fred Durst apareceu no palco usando uma jaqueta amarela com refletores e foi comparado a um funcionário da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego)

    Banda Limp Bizkit se apresenta no no 2° dia do festival Lollapalooza
    Banda Limp Bizkit se apresenta no no 2° dia do festival Lollapalooza Van Campos/Agnews

    Flávio Ismerimda CNN São Paulo

    O show do Limp Bizkit, um dos headliners do segundo dia do festival Lollapalooza, foi marcado pelas referências que a banda fez ao Woodstock 99 e pelos memes gerados a partir da escolha do figurino do vocalista.

    Fred Durst subiu ao palco Samsung usando uma jaqueta amarela com refletores, que foi comparada ao uniforme usado pelos funcionários da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

     

    Antes de cantar “My Generation”, um dos hits da banda, Durst atendeu às expectativas dos fãs que aguardavam desde cedo na grade e fez uma referência ao festival Woodstock 99. Na ocasião, quando eles tocaram “Break Stuff”, o público atingiu seu ápice de insatisfação com a organização do festival e, de fato, quebrou tudo, como o nome da canção pede.

    “São tempos muitos loucos lá fora, mas não tão loucos quanto em 99”, afirmou o cantor.

    A apresentação da banda no Lollapalooza foi aberta e fechada pelo hit que virou o estopim do caos registrado no evento considerado desastroso, que aconteceu nos EUA, em 1999, em comemoração aos 30 anos do festival Woodstock. Com falta de água e refúgio, os participantes enfrentaram o calor que chegou a 40 graus, além de instalações precárias.

    Além dessa música, o show teve outros clássicos como o cover de “Behind Blue Eyes”, “My Way” e Rollin’”.

    Durante a apresentação, Fred Durst fez também um discurso em defesa do amor.

    “Eles querem que a gente se odeie, e está funcionando. São Paulo, eu não sinto nada além de amor”, disse o cantor.