Meghan e Harry: Oprah continua mostrando ao mundo como fazer uma entrevista

Conversa que foi ao ar neste domingo estava em negociação há anos

Príncipe Harry e Meghan Markle são entrevistados por Oprah Winfrey
Príncipe Harry e Meghan Markle são entrevistados por Oprah Winfrey Foto: Divulgação/Harpo Productions/Joe Pugliese

Análise de Brian Stelter, da CNN

Ouvir notícia

Aproveite o tamanho da sua fama, as conexões de relevância que ela possui e seu histórico de entrevistas. Produza uma entrevista maravilhosamente encenada em um ambiente confortável. E lance trechos chamativos ao longo de uma semana antes do evento.

Isso é o que Oprah Winfrey fez para seu espetacular programa de domingo à noite, o CBS Presents Oprah with Meghan and Harry.

O resultado é, nas palavras do The New York Times, “uma das entrevistas recentes para a televisão mais esperadas e mais divulgadas”.

É também um conteúdo rico, criado pela produtora de Oprah e vendido pela ViacomCBS para redes de televisão de todo o mundo.

A entrevista exclusiva da mais famosa entrevistadora do mundo com o duque e a duquesa de Sussex foi anunciada em 15 de fevereiro, mas está em negociação há anos.

Em um teaser lançado na sexta-feira (5), Oprah disse que conversou com Meghan em fevereiro ou março de 2018 sobre um possível encontro.

“Lembro-me muito bem dessa conversa”, disse Meghan. “Eu nem mesmo tive permissão para ter essa conversa com você pessoalmente.” Ela lembrou que a equipe de comunicação do Palácio de Buckingham estava presente.

“Eu não poderia ter dito sim a você [sobre a entrevista]”, disse ela. “Essa não era uma decisão que cabia a mim. Então, como um adulto que passou a viver uma vida realmente independente depois de fazer parte desse conceito [de realeza], que é diferente do que eu acho que as pessoas imaginam… é realmente libertador ter o direito e o privilégio de poder dizer sim. Quer dizer … estou pronta para conversar. “

Os que acompanham a família real esperam grandes revelações sobre a decisão dos Sussex de se afastar do trabalho e se mudar para os EUA, para uma casa perto da de Oprah, em Montecito, Califórnia.

A apresentadora ajudou o casal a se estabelecer na comunidade e já havia feito uma parceria com Harry para um documentário sobre saúde mental, transmitido pela Apple TV +.

Seu status como uma das entrevistadoras mais renomadas do mundo será reforçado durante a transmissão.

Oprah “tem o toque de Midas”, disse Victoria Arbiter, uma comentarista da família real na CNN. Ela “também ajuda as pessoas a se sentirem seguras e protegidas … acho que Meghan e Harry se sentirão seguros conversando com ela.”

As gravações das entrevistas – primeiro, com Meghan sozinha e, depois, com o casal – foram conduzidas no que parece ser um exuberante quintal da Califórnia.

Não houve ninguém dentro da emissora, além da apresentadora, a manter o controle da entrevista. Sua produtora, Harpo, elaborou o roteiro da entrevista e o levou à CBS, onde ela tem laços comerciais de longa data.

Harpo e CBS anunciaram a estreia nos Estados Unidos e, em seguida, o braço de distribuição da ViacomCBS Global negociou com outras emissoras internacionais, da Austrália à Suíça.

Mais importante ainda, a entrevista será exibida no Reino Unido na ITV na noite de segunda-feira. Um dia depois da transmissão americana.

Nenhuma das partes envolvidas comentou sobre a parte financeira, mas a CBS e outras emissoras devem optar por cobrar preços maiores de anúncios durante o especial.

Guy Martin, escrevendo para a Forbes, disse: “vamos chamar o programa pelo que ele é, pelo menos na América: é uma grande aposta de muitos bons produtos americanos em um modelo antigo de entrevistas para espectadores americanos que gostam da fogueira crepitante dos conteúdos impactantes. Dado o advento do todo-poderoso streaming, essa iniciativa é um renascimento estranhamente bem-vindo da antiga plataforma de broadcast”.

A sinergia entre os programas da CBS e a amizade de Oprah com o apresentador Gayle King, do matinal CBS This Morning, fizeram do programa o primeiro a transmitir um trecho completo do especial, na manhã de sexta-feira (5).

Arbiter destacou que a entrevista é um momento importante para Meghan e Harry enquanto buscam capitalizar seu status de celebridade.

Muitos americanos estão familiarizados com o casal, “mas há um mesmo número de pessoas que não sabe do que se trata. Oprah é uma ótima pessoa para apresentá-los aos Estados Unidos”, disse ela.

Mais Recentes da CNN