Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Meu comportamento foi inaceitável”, diz Will Smith sobre tapa em Chris Rock no Oscar

    Como penalidade, Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu que o ator não poderá comparecer ao evento nos próximos dez anos

    Lisa Respers Françada CNN

    Will Smith está “profundamente arrependido” por dar um tapa em Chris Rock durante a cerimônia do Oscar em março passado. O ator publicou um vídeo em sua conta verificada no Instagram nesta sexta-feira (29), no qual fala sobre o incidente.

    “Já faz um tempo… Nos últimos meses, tenho pensado muito e trabalhado muito”, diz o texto na tela que inicia o vídeo. “Você fez um monte de perguntas justas que eu queria levar algum tempo para responder.”

    Então, Smith pode ser ouvido suspirando. Ele então aparece na tela, dirigindo-se à câmera para explicar por que ele não se desculpou com Rock durante seu discurso de aceitação por ganhar o prêmio de Melhor Ator por seu papel no filme Rei Ricardo.

    “Fiquei confuso na hora. Tudo está confuso. Entrei em contato com Chris e a mensagem que recebi é que ele não está pronto para falar. Quando estiver, ele entrará em contato comigo. Então, vou dizer a você, Chris, que peço desculpas. Meu comportamento foi inaceitável e estou aqui quando você estiver pronto para falar”, diz Smith.

    A CNN entrou em contato com os representantes de Rock para comentar sobre a declaração.

    “Tínhamos um ótimo relacionamento”

    Smith também pediu desculpas à mãe, família e irmão de Rock, Tony Rock, que estrelou a comédia de 2007 “All of Us”, que Will Smith e sua esposa Jada Pinkett criaram.

    “Tínhamos um ótimo relacionamento”, disse Smith. “Tony Rock era alguém próximo e isso provavelmente é irreparável.”

    Smith também respondeu à pergunta se sua esposa, depois de revirar os olhos com a piada de Rock, havia pedido que ele fizesse alguma coisa. Sua resposta foi que ela não pediu por isso.

    Ele também se desculpou com ela, seus filhos e seus colegas indicados ao Oscar.

    Smith disse que “passou os últimos três meses ensaiando e entendendo as nuances e a complexidade do que aconteceu na época”.

    “Não vou tentar baixar tudo isso agora. Mas posso dizer a todos vocês, não há uma parte de mim que acha que essa era a maneira certa de se comportar na época”, disse ele. “Nenhuma parte de mim acha que essa é a maneira ideal de lidar com um sentimento de desrespeito ou insulto.”

    Consequências do tapa

    O tapa de Smith na cara de Rock no meio da cerimônia do Oscar em 27 de março desencadeou um terremoto em Hollywood que durou vários meses. O ator atacou o comediante e apresentador do evento depois que este fez uma piada sobre a cabeça raspada da esposa de Smith, Jada Pinkett Smith, que sofre de alopecia.

    Smith pediu desculpas publicamente a Rock no dia seguinte ao incidente através da mídia social. Ele também abordou o produtor do programa, Will Packer, na manhã seguinte, pediu desculpas e expressou sua vergonha, disse o produtor ao “Good Morning America”.

    Como resultado do tapa, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu que Smith não poderá comparecer ao Oscar nos próximos dez anos.

    “O Conselho decidiu, por um período de 10 anos a partir de 8 de abril de 2022, que o Sr. Smith não poderá participar de nenhum evento ou programa da Academia, pessoalmente ou virtualmente, incluindo, entre outros, o Oscar”, dizia um comunicado obtido pela CNN.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em espanhol.

    versão original