Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mila Kunis e Ashton Kutcher prometem doar US$ 3 milhões para refugiados ucranianos

    Em vídeo publicado nas redes sociais, casal de Hollywood lançou a campanha "Fique com a Ucrânia"

    Ashton Kutcher e Mila Kunis: ajuda aos refugiados ucranianos
    Ashton Kutcher e Mila Kunis: ajuda aos refugiados ucranianos Reprodução/Instagram

    Toyin Owosejeda CNN

    Ouvir notícia

    A “orgulhosa ucraniana” Mila Kunis e seu marido, Ashton Kutcher, prometeram doar até US$ 3 milhões para ajudar os refugiados que fogem de seu país natal em meio ao conflito com a Rússia.

    O casal de Hollywood lançou uma campanha “Fique com a Ucrânia”, da GoFundMe, nessa quinta-feira (3), que tem como objetivo arrecadar US$ 30 milhões para Flexport.org e Airbnb.org, que, segundo eles, são “duas organizações que estão fornecendo ativamente ajuda imediata para aqueles que mais precisam”.

    Kunis nasceu em Chernivtsi, Ucrânia – então parte da União Soviética – e mudou-se com sua família para os Estados Unidos aos 7 anos de idade. Embora reconhecendo tudo o que a América fez por ela e sua família, ela disse que não podia t esquecer suas raízes.

    “Hoje, sou uma ucraniana orgulhosa”, disse a estrela de “Cisne Negro” em um comunicado compartilhado na página de arrecadação de fundos. “Os ucranianos são pessoas orgulhosas e corajosas que merecem nossa ajuda em momentos de necessidade.”

    “Nossa família está iniciando este fundo para ajudar a fornecer apoio imediato”, escreveu ela, “e vamos chegar até US$ 3 milhões”.

    De acordo com a página de angariação de fundos, a transportadora de carga Flexport está organizando remessas de suprimentos de ajuda para locais de refugiados na Polônia, Romênia, Hungria, Eslováquia e Moldávia. A organização sem fins lucrativos Airbnb.org está fornecendo moradia gratuita de curto prazo para refugiados que fogem da Ucrânia.

    Kunis também apareceu ao lado do marido em um vídeo compartilhado em sua conta no Instagram, em que falou sobre o conflito “devastador” na Ucrânia.

    “Os eventos que se desenrolaram na Ucrânia são devastadores. Não há lugar neste mundo para esse tipo de ataque injusto à humanidade”, disse Kunis.

    No vídeo, Kutcher, 44 anos, aplaudiu a “bravura do povo do país em que (Kunis) nasceu” enquanto enfatizava para seus 4,4 milhões de seguidores no Instagram “as necessidades daqueles que escolheram a segurança”.

    O apoio aos ucranianos afetados pelo conflito do casal vem após Blake Lively e Ryan Reynolds também afirmarem que estão arrecadando fundos para ajudar os refugiados do país.

    “Em 48 horas, incontáveis ​​ucranianos foram forçados a fugir de suas casas para países vizinhos. Eles precisam de proteção. Quando você doar, daremos US$ 1.000.000, dobrando o apoio”, escreveu Reynolds no Twitter no sábado, promovendo doações para o Agência das Nações Unidas para os Refugiados.

    Segundo a ONU, um milhão de refugiados fugiram da Ucrânia em apenas uma semana.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN