Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Miley Cyrus bate recorde de streams com “Flowers”; música é cheia de indiretas, veja quais

    Música lançada na quinta-feira (12) atingiu 100 milhões de streams no Spotify em tempo recorde

    Reprodução / Miley Cyrus

    Sofia Sampaioda CNN

    Miley Cyrus conquistou mais um recorde importante na carreira nesta sexta-feira (20). Com apenas uma semana de lançamento, o smash hit “Flowers” se tornou a canção mais reproduzida na história do Spotify em tempo recorde: 100 milhões de streams em apenas 7 dias.

    A faixa é o carro-chefe do próximo álbum da cantora, “Endless Summer Vacation“, que chega às plataformas digitais no dia 10 de março.

    Em apenas 24 horas, o single já contabilizava 17 milhões de streams no Spotify, atrás apenas de “Easy on Me”, de Adele, e “Anti-Hero”, de Taylor Swift.

    Antes, o recorde da canção mais rápida a chegar a marca de 100 milhões de reproduções pertencia ao grupo k-pop BTS, com “Butter”.

    Tanto a canção como o videoclipe, gravado em Los Angeles, chamam atenção por tratar-se de indiretas ao ex-marido da americana, o ator Liam Hemsworth.

    Nas redes sociais, fãs notaram que “Flowers” faz diversas referências ao relacionamento entre eles, marcado de altos e baixos e vai e volta ao longo dos anos, como a escolha da data de lançamento, que foi o mesmo dia que o ex-marido completou 33 anos.

    Letra

    Antes de ser uma canção sobre o que viveu ao lado de Liam Hemsworth, “Flowers” também fala sobre autocuidado, amor próprio e independência emocional.

    Na letra, Miley Cyrus canta que não precisa de uma pessoa para receber flores, sair para dançar, entre outras coisas – pelo contrário, ela pode fazer tudo isso sozinha. No entanto, é notável que o single foi escrito sobre o relacionamento conturbado.

    Nos primeiros versos, a artista menciona a casa que viveu com o ator e que foi atingida pelos fortes incêndios que aconteceram na Califórnia, nos EUA, em 2018:

    We were good, we were gold
    Éramos bons, éramos ouro

    Kinda dream that can’t be sold
    Como um sonho que não pode ser vendido

    We were right ‘til we weren’t
    Éramos ótimos até não sermos

    Built a home and watched it burn
    Construímos uma casa e vimos ela queimar

    O refrão também é tido como uma resposta à “When I Was Your Man”, de Bruno Mars, que Liam Hemwsorth teria dedicado à então esposa no dia do casamento.

    Clipe

    O videoclipe também faz muitas referências, de acordo com internautas, ao ex-marido. Muitos fãs comentaram que a casa em que a produção foi gravada é a mesma que Liam Hemsworth teria levado as diversas amantes quando estavam juntos.

    O terno usado pela cantora também seria uma referência à vestimenta usada pelo o ator durante a pré-estreia de “Vingadores: Ultimato”, filme que o então cunhado da cantora, Chris Hemworth, interpreta Thor.

    Nos vídeos gravados na ocasião, fãs notaram o desconforto entre os dois no tapete vermelho.

    Além disso, a mais recente “indireta” descoberta nas redes sociais envolve Jennifer Lawrence, com quem Liam Hemsworth contracenou na franquia “Jogos Vorazes”.

    Entre rumores e especulações, acredita-se que Miley Cyrus e a atriz nunca teriam se dado bem, especialmente quando a cantora namorava o ator.

    Depois do término, Liam Hemsworth teria revelado que intérprete de Katness o ajudou a “superar o divórcio”.

    No clipe, Miley Cyrus usa um vestido e penteado semelhantes ao usado por Jennifer Lawrence em um dos red carpets de “Jogos Vorazes”.

    Assista o clipe de “Flowers” a seguir.