Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre Ryuichi Sakamoto, compositor da trilha sonora de “O Último Imperador”, aos 71 anos

    Sakamoto também era conhecido por sua atuação no cinema e por seu trabalho com a banda Yellow Magic Orchestra (YMO), pioneira no cenário de música eletrônica

    Ryuichi Sakamoto
    Ryuichi Sakamoto Reprodução/Instagram

    da Reuters

    Ryuichi Sakamoto, compositor japonês vencedor do Oscar e famoso pelas trilhas sonoras feitas para filmes como “O Último Imperador”, “Furyo, Em Nome da Honra” e outros épicos, morreu aos 71 anos.

    Sakamoto também era conhecido por sua atuação no cinema e por seu trabalho com a banda Yellow Magic Orchestra (YMO), pioneira no cenário de música eletrônica, que ele co-fundou.

    “Ele viveu com a música até o fim de sua vida”, disse em seu site a Avex, gravadora com a qual ele trabalhava. Ele sofria de câncer, mas continuou trabalhando em seu estúdio caseiro sempre que a saúde permitia, acrescentou o comunicado.

    De acordo com a Avex, sua morte ocorreu no dia 28 de março.

    Apresentado ao piano quando criança, Sakamoto viveu para a música. Como estudante, ele andava em vagões do metrô de Tóquio tão lotados que ninguém conseguia se mexer, divertindo-se contando todos os sons diferentes que o trem fazia ao longo do caminho.

    Sakamoto, que tinha no compositor francês Claude Debussy o seu herói, estudou etnomusicologia na Universidade Nacional de Belas Artes e Música de Tóquio, com interesse particular na música tradicional de Okinawa, no Japão, bem como nas tradições musicais indianas e africanas.

    Tópicos

    Tópicos