Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Pais de Kayky Brito sofreram acidente de carro um mês antes do atropelamento

    Ator de 34 anos está internado em estado grave, na zona sul do Rio de Janeiro, com politrauma corporal e traumatismo craniano após ser atropelado na madrugada deste sábado (2)

    Mãe de Kayky e Sthefany Brito, Sandra Brito, e o padrasto Joseph Brito sofreram acidente de carro no final de julho.
    Mãe de Kayky e Sthefany Brito, Sandra Brito, e o padrasto Joseph Brito sofreram acidente de carro no final de julho. Reprodução

    Da CNN

    Os pais dos atores Kayky e Sthefany Brito sofreram um acidente de carro cerca de um mês antes do atropelamento de Kayky, na madrugada deste sábado (2).

    O ator está internado em estado grave com politrauma corporal e traumatismo craniano em um hospital, na zona sul do Rio de Janeiro. 

    Veja: Ator Kayky Brito está internado em estado grave no RJ

    No final de julho, há cerca de um mês, a mãe de Kayky e Sthefany, Sandra Brito, e o padrasto, Joseph Brito, sofreram um acidente de carro grave, comunicado pela atriz nas redes sociais.

    “Pela primeira vez na vida me vi diante de uma situação onde poderia ter perdido meus pais! Meus pais, para mim, eternos! A gente sabe que um dia vai embora, aliás é a única certeza que temos nessa vida, mas quando esse possibilidade se aproximou, foi visível o pânico, desespero e despreparo que tomaram conta de mim!”, escreveu Sthefany nas redes sociais.

    A atriz contou que um carro na contramão bateu de frente com o veículo de seus pais.


    “O que eles relataram, nem nos meus piores pesadelos consigo sequer imaginar! Ela gritando de dor deitada no chão da estrada, ele em pânico com medo de ainda serem atropelados tentando fazer ela ficar consciente, já que tamanha dor ela quase desfalecia. Ambulância! Grito! Dor! Desespero!”, continuou Sthefany.

    A mãe dos atores, Sandra, precisou passar por cirurgia e ficou dois dias em observação no Centro de Terapia Intensiva (CTI).

    “Cirurgia muito maior e mais séria do que pensamos que seria! Recuperação muito pesada, mas a vovó é tão guerreira que no dia seguinte já estava no quarto! Fiquei com ela dois dias e a cada segundo agradecia a Deus! Eu não sou a melhor em dizer o que sinto”, disse a atriz.

    Sthefany concluiu agradecendo a Deus e dizendo: “Temos uma vida inteira para viver! Ela tem mais netos ainda para conhecer e babar muito! Pai, obrigado por ter sido uma rocha alia para ela nas primeiras horas, por todo cuidado com ela e também com a gente.”

    Atropelamento de Kayky

    O ator Kayky Brito foi atropelado na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, e está internado em estado grave.

    Ator Kayky Brito.
    Ator Kayky Brito. / Reprodução / Instagram

    Segundo o Corpo de Bombeiros, o atropelamento por carro aconteceu na avenida Lucio Costa, altura do número 4.700, à 01h08 da madrugada deste sábado (2).

    Kayky, que tem 34 anos, foi socorrido para o Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, na zona sul da cidade. A direção do hospital informou à CNN que o estado de saúde do ator é considerado grave.

    “Ele está no CTI (Centro de Terapia Intensiva), seu quadro é estável e fará novos exames hoje à tarde. Somente após os mesmos teremos novas informações”, publicou sua irmã, Sthefany Brito, nas redes sociais.

    O delegado da 16ª DP, Ângelo Lages, disse à CNN que Kayky teve “politrauma corporal e traumatismo craniano”.

    Segundo o delegado, Kayky estava no Quiosque Dona Maria, no posto 6, na praia da Barra, com amigos, entre eles o ator Bruno De Luca. Ele tinha ido a seu carro para buscar algum pertence.

    Kayky foi atropelado por um motorista de aplicativo, em um carro Fiat Argo, que estava com um passageiro com bebê e vinha do Recreio dos Bandeirantes para a Barra da Tijuca.

    Ator Kayky Brito.
    Ator Kayky Brito. / Reprodução / Instagram

    O delegado afirmou que o motorista chegou a tentar desviar para a faixa da direita, mas acabou atingindo o ator que voltava ao quiosque.

    Foi solicitada a perícia no local e a polícia investiga se o motorista trafegava em velocidade superior à permitida no trecho.

    O caso foi registrado na 16ª DP como lesão corporal culposa, quando não há intenção.

    A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que policiais do 31º BPM atenderam à ocorrência. “O motorista foi conduzido à 16ª DP e ao IML para realizar o exame de alcoolemia, que deu negativo para ingestão de bebida alcoólica”, informou a PM em nota.

    A Polícia Civil informou em nota à CNN que “diligências estão sendo realizadas para esclarecer os fatos”. O delegado Ângelo Lages disse que estão sendo buscadas imagens das câmeras de segurança do entorno.

    * Publicado por Léo Lopes