Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Primeiro dia de Rock in Rio terá show de Iron Maiden, Dream Theater e Sepultura

    Prefeitura projeta que evento irá injetar R$ 1,7 bilhão na economia carioca; média de quartos reservados nas datas dos shows é de 80%, diz HotéisRIO

    Milhares se reuniram no Rock in Rio de 2017 para o sexto dia de shows, que teve Guns N' Roses e The Who como headliners.
    Milhares se reuniram no Rock in Rio de 2017 para o sexto dia de shows, que teve Guns N' Roses e The Who como headliners. NurPhoto via Getty Images

    Beatriz Puenteda CNN no Rio de Janeiro

    Com todos os ingressos esgotados, a nona edição do Rock in Rio começa nesta sexta-feira (2). Sem previsão de chuva, cerca de 100 mil pessoas irão acompanhar os shows de Iron Maiden, Dream Theater e Sepultura com a Orquestra Sinfônica Brasileira. O evento, que geralmente acontece a cada dois anos, é realizado com um intervalo de três anos em relação à edição anterior por conta da pandemia de Covid-19.

    Além dos shows de rock desta sexta-feira (2), o primeiro final de semana do festival terá apresentações de outros nomes importantes da música. O DJ Alok e rapper Post Malone são alguns dos confirmados para o sábado (3). Enquanto no domingo (4), o palco principal terá apresentações da cantora Iza e de Justin Bieber.

    No entanto, a previsão do tempo para o final de semana pode dificultar a experiência dos visitantes. Segundo o portal Climatempo, há previsões de pancadas de chuva na noite de sábado e durante todo o domingo.

    Durante a próxima semana, o festival começa na quinta-feira (8) e vai até domingo (11). Bandas como o Offspring e Guns N’ Roses abrem o segundo final de semana de shows. Para sexta (9), a música ficará por conta de Billy Idol e da banda Green Day. No sábado (10), o Palco Mundo recebe artistas como a cantora Camila Cabello e Coldplay. Fechando o festival, Ivete Sangalo e Dua Lipa se apresentam no domingo.

    Movimentação no turismo e na economia

    A prefeitura estima que o Rock in Rio injete R$1,7 bilhão na economia carioca. Os organizadores falam em R$2,2 bilhões.

    O Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB) estimou que a receita do evento chegue em US$ 158,48 milhões (cerca de R$ 829 na cotação atual), com a geração de US$ 7,924 milhões (cerca de R$ 41,45 milhões) de Imposto sobre Serviços (ISS) para a economia do município.

    Os demais segmentos do setor de turismo também deverão ser beneficiados com a realização dos shows, uma vez que os visitantes aproveitam a oportunidade para conhecer a cidade.

    Segundo o Sindicato Patronal dos Meios de Hospedagem do Rio, o HotéisRIO, a média de quartos reservados nas datas dos shows é de 80%. Para o primeiro final de semana, de 2 a 4 de setembro, a ocupação é de 77%. Já no segundo, entre os dias 8 e 11, a taxa é de 83%.

    Serão aproximadamente 360 mil pessoas de fora do Rio ao longo dos sete dias de evento. Destes, 10 mil serão estrangeiros de 31 países diferentes, ainda de acordo com o HotéisRIO.

    Manifestações políticas

    Pela primeira vez na história, o Rock in Rio é realizado em período eleitoral. Em comunicado, o evento afirmou que não permitirá a presença de candidatos às eleições nos palcos do festival.

    A organização ainda recomendou às empresas, instituições e artistas envolvidos na realização do festival no Parque Olímpico na capital carioca que tenham conhecimento da lei eleitoral.

    No entanto, de acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), as manifestações estão permitidas por parte dos artistas que se apresentarem e do público.