Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Queen pode ter catálogo musical vendido pelo valor recorde de US$ 1 bilhão

    Direitos da banda, hoje da Disney, estão em negociação com a Universal, de acordo com fontes. Até hoje, maior valor pago por uma obra musical foi de US$ 500 milhões para Bruce Springsteen

    Chloe MelasDan Hechingda CNN

    As canções do Queen são conhecidas em todo o mundo, e o trabalho da banda pode em breve ser vendido por uma quantia impressionante.

    Uma fonte familiarizada com a aquisição das canções disse à CNN que as discussões estão “bem encaminhadas” para que a Universal Music Group adquira o catálogo do Queen da Disney Music Group.

    O valor da venda poderia ultrapassar US$ 1 bilhão (R$ 5 bilhões) e, de acordo com a fonte, o negócio “deve ser fechado em um mês”.

     

    A CNN entrou em contato com a Universal e a Disney para comentar, bem como com um representante da banda.

    Bruce Springsteen já havia chegado às manchetes em dezembro de 2021 com a venda de seu catálogo musical por um total próximo dos US$ 500 milhões.

    A quantia de Springsteen permanece o valor mais alto já pago pela obra musical de um artista, mas, se a venda do Queen for concluída, um novo recorde será estabelecido.

    O bilhão de dólares pelas músicas do Queen é certamente tão alto graças, em parte, ao filme vencedor do Oscar de 2018 “Bohemian Rhapsody”, que contou a história dos primeiros anos do grupo com foco no falecido vocalista Freddie Mercury.

    A produção acabou inspirando um ressurgimento da popularidade das músicas da banda.

    Justin Bieber, David Bowie e Sting são outros grandes nomes que também tiveram concluídas recentemente as vendas de seus respectivos catálogos musicais.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original