Relembre ‘Severina Xique Xique’ e outras canções na voz de Genival Lacerda

Cantor e compositor morreu nesta quinta-feira (7) aos 89 anos, em Recife

Genival Lacerda morre aos 89 anos em decorrência de complicações da Covid-19
Genival Lacerda morre aos 89 anos em decorrência de complicações da Covid-19 Foto: Adriana Spaca/Framephoto/Estadão Conteúdo (18.mai.2019)

Raphael Coraccini, colaboração para a CNN

Ouvir notícia

Um dos maiores nomes da música nordestina, Genival Lacerda, que morreu nesta quinta-feira aos 89 anos, foi um compositor e intérprete profícuo, com mais de 40 álbuns produzidos ao longo de 64 anos de carreira. O músico paraibano lançou dez álbuns antes de seu primeiro sucesso, “Severina Xique Xique”.

Genival estourou nacionalmente apenas 10 anos depois do seu primeiro disco, “Aqui tem Catimbirê”, que vendeu 800 mil cópias principalmente por causa do estrondoso sucesso de “Severina Xique Xique”, que compôs com João Gonçalves, compositor cearense que está entre os mais censurados pela ditadura militar.

Leia também:
Ícone do forró, Genival Lacerda morre aos 89 anos, em Recife
Brasileiro morre após sofrer parada cardiorrespiratória durante jogo em Portugal
Brandãozinho, último jogador do título de 1951 do Palmeiras, morre aos 90 anos

A música tem mais de 130 gravações e foi lançada em 1975, no auge da ditadura, mas não chegou a ser proibida pelos sensores. No Spotify, alcançou quase 1,5 milhão de acessos.

 

Genival levou ao forró as músicas de duplo sentido. Além de “Severina Xique Xique”, outro exemplo desse lado anedótico e malicioso é “Radinho de pilha”, de 1979, que ele fez em parceria com Graça Gois, e faz parte do álbum “Não Despreze Seu Coroa”.

 

Outro sucesso do álbum é “Rock do Jegue”. Novamente apelando ao bom humor, ele mistura o forró com o rock ‘n roll, algo absolutamente novo para a época. Um trecho da música foi parar na música Jumento Celestino, dos Mamonas Assassinas.

 

“Mate o Véio” é outra canção de destaque, feita em nova parceria com João Gonçalves. A música é de 1984 e está no disco “Troque As Pilhas, Só Não Mate O Véio”. O álbum também emplacou “Quem Dera”, composição de Genival e Nando Cordel.

 

 

Em 2020, seu Vavá, como era chamado pela família, chegou a gravar um último álbum com seu filho, João Lacerda, chamado “Pai & Filho”, que tem a canção “Só pra Mim”, que compuseram juntos.

 

Mais Recentes da CNN