Brandãozinho, último jogador do título de 1951 do Palmeiras, morre aos 90 anos

Ex-jogador atuou em 29 partidas e marcou 11 gols pelo clube entre 1950 e 1952

Tiago Tortella*, da CNN, em São Paulo
05 de janeiro de 2021 às 17:03
Brandãozinho
O ex-jogador Brandãozinho era o último jogador vivo do título do Palmeiras na Copa Rio, disputada em 1951
Foto: Divulgação/Palmeiras


Morreu nesta terça-feira (5) o ex-jogador José Carlos Silveira Braga, conhecido como Brandãozinho, aos 90 anos de idade. Segundo nota publicada pelo Palmeiras, ele morreu de causas naturais em sua cidade natal, Boa Esperança do Sul, no interior de São Paulo. Era casado com Andree Suzanne Braga, francesa de 89 anos, e não deixa filhos. O corpo não será velado devido aos protocolos sanitários contra a Covid-19.

Brandãozinho era o último jogador vivo do título da Copa Rio, em 1951. A competição chegou a ser reconhecida pela FIFA como o primeiro título mundial de um clube, mas depois recuou.

Leia e assista também

Grêmio e Palmeiras vão decidir a Copa do Brasil

Morre aos 60 anos Diego Maradona, o símbolo maior do futebol argentino

Morre ex-atacante da seleção italiana Paolo Rossi

Brandãozinho atuou pelo Palmeiras em 29 partidas (12 vitórias, 12 empates e 5 derrotas) e marcou 11 gols entre os anos de 1950 e 1952, fazendo parte do elenco campeão da Copa Rio, à época com 21 anos de idade. "A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta a perda do jogador e se solidariza com a dor de familiares e amigos", disse o clube, em nota oficial.

O ex-presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, fez uma publicação em homenagem ao ponta-esquerda. “Faleceu hoje o último remanescente do nosso título mundial de 1951, que eu tive a honra de conhecer no banquete do aniversário do Palmeiras em 2016! Brandãozinho, como palmeirense, eu só posso te agradecer por tudo o que você fez pelo nosso Palmeiras! Que Deus o tenha e olhe pelo nosso clube aí de cima!”, disse.

O Palmeiras joga hoje, às 21h30, contra o River Plate, da Argentina, em partida válida pelas semifinais da Copa Libertadores. A partida de volta será no dia 12/01, no Allianz Parque, também às 21h30.

*Sob supervisão de Julyanne Jucá