Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tarantino, Paul Mescal e Rita Moreno serão homenageados pelo Museu da Academia

    Nomes relevantes na indústria cinematográfica receberão prêmios no evento de gala promovido pela instituição anualmente

    Quentin Tarantino, Paul Mescal e Rita Moreno
    Quentin Tarantino, Paul Mescal e Rita Moreno Montagem CNN/Getty Images

    Marina Toledoda CNN

    em São Paulo

    O Museu da Academia, ligado à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, instituição que organiza o Oscar, irá homenagear Quentin Tarantino, 61, Paul Mescal, 28, e Rita Moreno, 92, em seu evento de gala promovido pela instituição anualmente, que ocorre este ano no dia 19 de outubro em Los Angeles.

    “A Gala do Museu da Academia celebra o poder, o impacto global e a importância indelével do cinema, e estou emocionado por podermos nos reunir pelo quarto ano e homenagear esses três artistas incríveis cujas realizações inovadoras, a influência cinematográfica e a versatilidade demonstrada continuarão a inspirar gerações de artistas e cineastas”, disse a diretora e presidente do Museu da Academia, Amy Homma.

    O norte-americano Tarantino receberá o Prêmio Luminary, concedido a artistas cujo trabalho ampliou as possibilidades criativas no cinema; o irlandês Mescal será premiado com o Prêmio Vantage, que homenageia artistas emergentes que contribuíram para contextualizar e desafiar narrativas dominantes no cinema; e a atriz porto-riquenha de 92 anos ganhará o Prêmio Ícone, que celebra artistas cuja carreira teve um impacto notável em todo o mundo.

    Tarantino é um dos principais nomes do cinema nas últimas décadas e é responsável por títulos como “Pulp Fiction: Tempos de Violência” (1994), “Kill Bill: Volume 1” (2003) e Bastardos Inglórios (2009). Mescal é um dos nomes em ascensão na indústria e recebeu uma indicação ao Oscar em seu primeiro papel como protagonista. Moreno é uma das atrizes da época de ouro de Hollywood e que continua ativa , tendo filmes como “Amor, Sublime Amor” e “Cantando na Chuva” no currículo.

    O evento promovido pela Museu da Academia serve para ajudar a arrecadar fundos para apoiar exposições em museus, iniciativas educacionais, programação pública, exibições, programas de ensino fundamental e médio e iniciativas de acesso para o público e a comunidade de Los Angeles.

    Veja também: conheça os novos “queridinhos” de Hollywood