Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Tyler, the Creator usou música de Gilberto Gil em propaganda sem autorização

    "Duplo Sentido" foi escrita por Gilberto Gil e usada na versão cantada por Tetê da Bahia na nova campanha da grife de Tyler

    Tyler, the Creator usou a música "Duplo Sentido", de Gilberto Gil, como trilha do novo vídeo da sua grife de roupas e acessórios
    Tyler, the Creator usou a música "Duplo Sentido", de Gilberto Gil, como trilha do novo vídeo da sua grife de roupas e acessórios Reprodução/Instagram

    Flávio Ismerimda CNN São Paulo

    O rapper Tyler, the Creator usou uma música de Gilberto Gil sem autorização como trilha sonora de um vídeo de propaganda de sua marca de roupas GOLF le FLEUR, lançado no dia 6 de dezembro. A informação foi confirmada pela CNN pela equipe do cantor baiano.

    O norte-americano ligou para Gilberto Gil na terça-feira (12) e pediu desculpas pelo caso. Em nota, a assessoria do cantor informou que a Sony Publishing, que administra sua obra, “vai tomar as medidas cabíveis” e solicitou “que a campanha seja tirada do ar até um entendimento entre as partes”.

    A canção escolhida, “Duplo Sentido”, foi escrita por Gil e usada na versão cantada por Tetê da Bahia para ilustrar a campanha que divulga a nova coleção da grife, com roupas e acessórios. O vídeo tem, ao todo, 4 minutos e 30 segundos.

    “O video ‘Season 2 Golf Le Fleur’ foi lançado na semana passada e viralizou nas redes sociais do mundo todo, mas não contou com a autorização prévia de Gilberto Gil e tão pouco da Sony Publishing, que administra a obra do autor”, afirmou a equipe de Gil em nota.

    A informação também foi compartilhada no Instagram do próprio cantor baiano, que repostou um stories do produtor, compositor e cantor Evandro Fióti.

    “Amo o querido. Mas ele usou uma música inteira do Gilberto Gil sem qualquer diálogo prévio e negociação de direitos autorais? Não dá pra alegar desconhecimento, custo a creditar que se fosse ao contrário a resolução seria amistosa”, escreveu o irmão do rapper Emicida no Instagram.

    “Isso não é valorizar o Brasil, nem os criadores! Espero que tudo se resolva de forma justa e equilibrada, mas que vacilo!”, completou.

    Publicação de Evandro Fióti no Instagram repostada por Gilberto Gil
    Gilberto Gil compartilhou stories em que Evandro Fióti reclamava de Tyler, the Creator / Reprodução/Instagram

    Fióti acusou Juliette e Duda Beat de plágio

    Na quarta-feira (18), Evandro Fióti acusou as cantoras Juliette e Duda Beat de plágio após o lançamento da música “Magia Amarela”.

    “Estou indignado. Vou explicar esse contexto dessa apropriação, plágio e mais uma vez falta ética nesse mercado vindo em sua maioria (mas não somente), de pessoas brancas. E reafirmo essa critica é coerente e vai no lugar certo, não quero hate em cima da Juliette ou Duda”, publicou Evandro em seu perfil no X, antigo Twitter.

    “A gente levou 12 anos para ganhar um Grammy e o trabalho que a gente ganhou o Grammy acabou de ser roubado conceitualmente”, disse o produtor se referindo ao álbum “AmarElo”, continuou em live realizada após o post.

    Logo após, em nota, a assessoria de Juliette disse que a música faz parte de uma campanha publicitária e que a cantora foi contratada como uma das intérpretes. “A equipe da cantora está em contato com os contratantes responsáveis pela criação e produção da campanha para mais esclarecimentos”, diz o texto.

    Também por meio das redes sociais, Duda Beat se manifestou sobre o caso, confirmando que se trata de uma campanha da Bauducco, e afirmando ter sido surpreendida com a situação.