Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Yuh-jung Youn dá à Coreia do Sul o primeiro Oscar por atuação

    Com uma simpática cantada em Brad Pitt e carinho a Glenn Close, vencedora do prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante foi um dos pontos altos da noite

    A atriz Yuh-jung Youn tornou-se a primeira sul-coreana a vencer uma estatueta do Oscar por atuação
    A atriz Yuh-jung Youn tornou-se a primeira sul-coreana a vencer uma estatueta do Oscar por atuação Foto: Chris Pizzello-Pool/Getty Images

    Chloe Melas, da CNN

    Yuh-jung Youn ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua atuação em Minari: Em Busca da Felicidade, no domingo, e fez história ao se tornar a primeira entre os artistas coreanos a ganhar um Oscar por sua atuação. No ano passado, a produção sul-coreana Parasita levou seis prêmios da Academia, mas nenhum deles foi pelas atuações.  

    Durante seu discurso, quando esbanjou carisma, Youn falou sobre como ela estaria assistindo ao Oscar em sua casa, na Coreia do Sul, caso não estivesse lá para receber o prêmio. A estrela do cinema sul-coreano disse ainda que estar na cerimônia foi uma experiência surreal.

    “Eu estou aqui, sozinha, nem posso acreditar que estou aqui… deixe eu me recompor”, disse, antes de agradecer à Academia pelo prêmio.

    Minari: Em Busca da Felicidade é sobre uma família da Coreia do Sul que se muda para o Arkansas para começar uma nova vida. A experiência acaba sendo mais desafiadora do que o esperado, e, por conta disso, a avó, interpretada por Youn, resolve mudar-se também para auxiliar na adaptação.

    A atriz coreana e a produção como um todo foram aclamadas pela crítica em outras premiações, com Youn ganhando um Screen Actors Guild Award, prêmio do Sindicato dos Atores — popularmente conhecido como SAG Awards — e um BAFTA, prêmio da Academia Britânica de Cinema e Televisão, antes de receber o Oscar.

    Ela lembrou ao público da frequência com que seu nome foi pronunciado incorretamente durante suas viagens, e disse: “esta noite, todos vocês estão perdoados.” 

    Youn fez reverência às outras atrizes indicadas na mesma categoria que ela, Amanda Seyfried, Olivia Colman, Maria Bakalova e Glenn Close, que Youn disse que admira há muito tempo. “Não acredito em competição”, disse a atriz.

    Tietagem a Brad Pitt

    Os atores Yuh-jung Youn e Brad Pitt
    Os atores Yuh-jung Youn e Brad Pitt, que protagonizaram um dos momentos mais divertidos do Oscar 2021
    Foto: Chris Pizzello-Pool/Getty Images

    Entre os muitos momentos encantadores de Youn no palco está o que a atriz recebeu o prêmio das mãos de Brad Pitt. “Senhor Brad Pitt, finalmente, é um prazer conhecê-lo”, disse ela para as gargalhadas da multidão depois de receber o prêmio de melhor atriz coadjuvante das mãos do astro americano, vencedor do prêmio de melhor ator coadjuvante em 2020. “Onde você estava enquanto estávamos filmando? É uma honra conhecê-lo.”

    Nos bastidores, a atriz disse que é uma fã de longa data do ator e que talvez tenha “desmaiado por alguns segundos” durante o encontro. 

    As respostas não filtradas de Youn antes mesmo da cerimônia do Oscar foram uma alternativa refrescante para as respostas padronizadas normalmente emitidas pelos astros do cinema durante a temporada de prêmios.

    Confira os vencedores de algumas das principais categorias:

     

    Ingleses esnobes

    Durante o BAFTA, Youn agradeceu aos que votaram dizendo que “todo prêmio é significativo. Mas, este, em especial, por ser um reconhecimento partindo dos britânicos, conhecidos como pessoas muito esnobes”, disse a atriz, deixando de lado qualquer resposta protocolar.

    Outra célebre demonstração de sua transparência foi quando ela disse ao blog da produtora A24, do filme que deu a ela o Oscar, sobre sua paixão pela preguiça, e como está aproveitando a quarentena para não ver ninguém. “Ficar na minha cama o dia todo é um prazer, é meu hobby”, disse ela. “Gosto de assistir TV ou apenas cochilar, sem pensar em nada — é o que eu quero fazer. Lamento dizer que estou gostando muito da quarentena, porque posso descansar. Não preciso ver ninguém. Eu posso ficar em casa 24 horas por dia e ficar na cama, meu lugar favorito”.

    Muito parecida com sua personagem em Minari, uma avó amorosamente peculiar, Youn mostra que o Ocidente tem muito o que apreciar na honestidade e no bom humor dos sul-coreanos, que estão chegando com força às premiações mais tradicionais do cinema. 

    Youn levou às premiações de 2021 uma conexão entre o público e os artistas que há muito não se via. Em um ano tenso, a presença de espírito da sul-coreana foi um pequeno deleite para o público, que pode contemplar o charme e a leveza de Youn durante as premiações do cinema, que esperamos continuar trazendo o carisma da sul-coreana pelos próximos anos.

    (Textos traduzidos. Leia os originais aqui e aqui).