Libertadores pode ser retomada com protocolo inspirado no futebol alemão

Entidade estima setembro como mês para a retomada da Libertadores e Sul-Americana, disse o secretário-geral adjunto de futebol da Conmebol, Gonzalo Belloso

Agência Brasil
29 de maio de 2020 às 12:09
Taças da Copa Libertadores (à esq.) e da Copa Sul-Americana
Foto: Divulgação / Conmebol

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) busca inspiração na Alemanha, onde o campeonato nacional voltou às atividades no dia 16 de maio com estádios fechados ao público, para traçar a volta das principais competições do continente. 

Representantes da entidade reuniram-se, por videoconferência, com dirigentes da Bundesliga (principal liga da Alemanha) nessa quinta (28). O objetivo era conhecer as medidas de segurança adotadas no país europeu para a reativação do futebol.

O secretário-geral adjunto de futebol da Conmebol, Gonzalo Belloso, afirmou que a entidade estima setembro como mês para a retomada da Libertadores da América e da Copa Sul-Americana. 

Assista e leia também:
Com flexibilização de quarentena, europeus fazem cronograma de volta do futebol
Conheça os impactos da pandemia nos campeonatos de futebol ao redor do mundo
Futebol brasileiro pode voltar no fim de junho, diz CBF

“Haverá reuniões com todos os governos. O futebol é uma das tantas indústrias que estão sofrendo com a pandemia [do novo coronavírus]. O problema mais difícil é o da migração das equipes nos aeroportos”, disse o dirigente em entrevista à emissora argentina TyC Sports.

A Conmebol quer que as duas competições sejam encerradas dentro de campo, mesmo que tenham que terminar em 2021. A Libertadores deste ano parou na segunda rodada da fase de grupos. Já a Sul-Americana estava na segunda fase das eliminatórias.