Após jejum de 30 anos, Liverpool conquista título inglês

Time confirmou matematicamente a conquista após a derrota do segundo colocado, Manchester City

Reuters
25 de junho de 2020 às 21:59 | Atualizado 25 de junho de 2020 às 22:03
Torcedores comemoram título do Liverpool do lado de fora do estádio Anfield
Torcedores comemoram título do Liverpool do lado de fora do estádio Anfield
Foto: Carl Recine/Action Images via Reuters (25.jun.2020)

A espera de 30 anos do Liverpool pelo título inglês terminou nesta quinta-feira (25), quando o time do técnico Juergen Klopp se tornou matematicamente campeão da Premier League graças à derrota do segundo colocado Manchester City para o Chelsea, por 2 a 1.

O resultado da partida disputada no estádio Stamford Bridge, em Londres, significa que o Liverpool tem uma vantagem inalcançável de 23 pontos sobre o City, com sete jogos restantes.

Leia também:

Austrália e Nova Zelândia sediarão Copa do Mundo Feminina em 2023

O Liverpool foi o último campeão da Inglaterra antes da fundação da Premier League, quando conquistou o antigo título da Primeira Divisão em 1989/90. Desde então, o time viu Manchester United e Arsenal, e depois Chelsea e Manchester City, dominarem a liga nacional.

Revigorado sob o comando de Klopp, o time do estádio Anfield conseguiu alcançar seu 19º título nacional, apenas um atrás do recorde de 20 do rival United, depois de terminar como vice-campeão para o City em uma emocionante corrida pelo título na temporada passada.

Enquanto a partida entre Chelsea e City chegava aos acréscimos no estádio vazio em Londres, a 350 quilômetros dali, do lado de fora do estádio de Anfield, em Liverpool, torcedores começaram a acender sinalizadores marcando o início das comemorações. 

Nos últimos 12 meses o Liverpool conquistou a Liga dos Campeões, a Supercopa da Uefa e o Mundial de Clubes da Fifa, mas reconquistar a posição de maior força na Inglaterra, algo que era uma constante nos anos 1970 e 1980, era a prioridade. 

"Juergen tem sido fantástico e resume o que o Liverpool Football Club representa", disse Kenny Dalglish, técnico da equipe campeã em 1989/90, ao BT Sport. 

"E não apenas neste ano, no ano passado eles ficaram a um ponto de distância e na atual temporada perderam apenas uma vez", acrescentou. "Para frente e para cima, eu acredito que eles terão muitos dias felizes pela frente agora". 

Apesar da pandemia do coronavírus forçar uma suspensão de três meses da temporada e atrasar a coroação do Liverpool, a equipe conquistou o título com um recorde de sete jogos de antecedência.

A equipe multicampeã superou as marcas detidas por Manchester United (2000/01) e Manchester City (2017/18), que garantiram seus respectivos títulos com cinco jogos de antecedência. 

Com 28 vitórias e apenas uma derrota em 31 jogos, o Liverpool estabeleceu um ritmo recordista e chegou a abrir 25 pontos de vantagem em fevereiro -- a maior vantagem na história do Campeonato Inglês. 

Não fosse pela paralisação sem precedentes, o Liverpool carimbaria o título mais cedo da história da liga. Em vez disso, o clube agora se torna a primeira equipe a levantar o troféu somente no final de junho.