NBA adia rodada dos playoffs pela segunda noite seguida

Uma reunião no final da tarde deve discutir os próximos passos do campeonato, paralisado desde ontem em protesto contra violência racial nos EUA

Da CNN
27 de agosto de 2020 às 15:58 | Atualizado 27 de agosto de 2020 às 16:41
Quadra onde ocorreria o jogo entre Orlando Magic e Milwaukee Bucks pela NBA
Foto: Kevin C. Cox/Pool Photo-USA TODAY Sports

A liga profissional de basquete americana NBA adiou os três jogos dos playoffs programados para esta quinta-feira (27).

Uma reunião no final da tarde deve discutir os próximos passos do campeonato, paralisado desde quarta-feira (26), depois de o Milwakee Bucks ter decidido não entrar em quadra contra o Orlando Magic para protestar contra a violência racial nos EUA.

Ontem (26), outros três jogos foram adiados após um boicote do time Milwaukee Bucks, motivado pelo caso Jacob Blake e contra o racismo nos Estados Unidos.

Leia também:

Jogos da NBA nesta quarta são adiados por protesto por justiça racial nos EUA

‘Negros estão assustados nos EUA’, diz LeBron James após caso no Wisconsin

A reunião incluirá jogadores e gestores da liga, bem como o presidente do Comitê de Relações Trabalhistas da NBA, Michael Jordan. “Os jogos dos playoffs da NBA de hoje não serão disputados conforme programado. Esperamos retomar os jogos na sexta ou no sábado", disse a liga em nota.

"Há uma reunião por videoconferência agendada para o final da tarde entre um grupo de jogadores da NBA e gestores que representam as 13 equipes em Orlando, juntamente com representantes da National Basketball Players Association e do escritório da liga e Presidente do Comitê de Relações Trabalhistas da NBA, Michael Jordan, para discutir as próximas etapas.”

Em coletiva nesta quinta-feira (27), o presidente americano Donald Trump afirmou que a NBA está se transformando em uma "organização política" e que isso é "muito ruim": “Não sei muito sobre os protestos da NBA. Sei que suas classificações têm sido muito ruins porque acho que as pessoas estão um pouco cansadas da NBA, francamente ”, disse Trump a repórteres.

(Com informações de David Close, da CNN, e Carolina Figueiredo, sob supervisão de Giovanna Bronze)