F1: Sebastian Vettel assina com a equipe Aston Martin para 2021


Henrique Andrade*, da CNN, em São Paulo
10 de setembro de 2020 às 09:10
Vettel correrá pela Aston Martin na F1 em 2021

Vettel chega ao autódromo de Mugelo para o GP da Toscana; em 2021, tetracampeão da F1 correrá pela Aston Martin

Foto: Jennifer Lorenzini - 10.set.2020/ Reuters

O tetracampeão de Fórmula 1 Sebastian Vettel anunciou nesta quinta-feira (10) que vai continuar na Fórmula 1 em 2021, mas em uma equipe diferente.

O piloto alemão, que já havia confirmado sua saída da Ferrari no fim deste ano, decidiu integrar a equipe Aston Martin no próximo ano – atual Racing Point.

"Estou satisfeito em finalmente anunciar notícias boas sobre meu futuro. Estou orgulhoso em dizer que serei piloto da Aston Martin em 2021", disse o alemão.

"É uma nova aventura para mim em uma empresa lendária. Estou impressionado com os resultados que o time obteve neste ano e acredito que o futuro será ainda melhor."

A Racing Point não deu detalhes sobre a duração do contrato, apenas informou que Vettel estará na equipe a partir de 2021. A equipe inglesa anunciou, também, na quarta-feira (9), que o mexicano Sérgio Perez terá seu contrato interrompido e deixará o time no fim do ano.

Assista e leia também:

Pierre Gasly vence o GP da Itália, seu primeiro triunfo na Fórmula 1

Com volta da Turquia, Fórmula 1 anuncia as quatro últimas corridas de 2020

Fórmula 1 renova contrato com todas as 10 equipes até 2025

"[O acordo com Vettel] é uma declaração clara da ambição da equipe de se estabelecer como um dos nomes mais competitivos do esporte. Todos em Silverstone estão extremamente animados com esta notícia", disse o chefe da equipe Otmar Szafnauer, em comunicado.

“Sebastian é um campeão comprovado e traz uma mentalidade vencedora que corresponde às nossas próprias ambições para o futuro como Aston Martin F1 Team. Em um sábado ou domingo à tarde, Sebastian é um dos melhores do mundo, e não consigo pensar em um piloto melhor para nos ajudar a entrar nesta nova era. Ele terá um papel significativo em levar esta equipe para a próxima nível."

Vettel estava em busca de uma nova equipe em sua carreira desde que a Ferrari anunciou que havia assinado com o espanhol Carlos Sainz, atualmente na McLaren, para 2021.

A equipe italiana não faz uma boa temporada neste ano e atualmente ocupa apenas a 6º posição no campeonato de construtores da F1, com 61 pontos. Vettel está na 13º posição no campeonato de pilotos, somando apenas 16 pontos. Sua melhor corrida da temporada foi na Hungria, onde ele terminou em um modesto sexto lugar.

O alemão ganhou quatro títulos mundiais consecutivos com a Red Bull entre 2010 e 2013, mas seu desempenho tem sido afetado por erros nos últimos tempos. Em 2018, vários erros na segunda metade da temporada fizeram com que Vettel perdesse a liderança do campeonato e a chance da Ferrari de um primeiro título mundial desde 2007.

(*Sob supervisão de Julyanne Jucá; com informações da CNN)