Após terceira derrota consecutiva, Palmeiras demite Vanderlei Luxemburgo

Luxemburgo deixa o Palmeiras com o clube na 7ª colocação do Brasileiro e classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores

Diego Freire, da CNN, em São Paulo
14 de outubro de 2020 às 23:47 | Atualizado 15 de outubro de 2020 às 08:59

O Palmeiras anunciou, na noite desta quarta-feira (14), a demissão do treinador Vanderlei Luxemburgo. O técnico deixa o cargo após derrota em casa por 3 a 1 contra o Coritiba, a terceira consecutiva do time que até então estava invicto no Campeonato Brasileiro.

Em 7 de outubro, o clube alviverde perdeu por 2 a 1 contra o Botafogo, no Estádio Nilton Santos. Na sequência, vieram duas derrotas no Allianz Parque: 2 a 0 no clássico contra o São Paulo, em 10 de outubro, e 3 a 1 nesta quarta diante do Coritiba, que até então estava na zona de rebaixamento.

Leia também:
Brasil vence Peru com três de Neymar, que agora só marcou menos vezes que Pelé

Cristiano Ronaldo testa positivo para Covid-19

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Palmeiras
Foto: Cesar Greco/ Flickr/ Palmeiras

Bicampeão brasileiro pelo Palmeiras em 1993 e 1994, campeão do Rio-São Paulo de 1993 e com quatro títulos paulistas em outras passagens pelo clube (1993, 1994, 1996 e 2008), Luxemburgo foi anunciado como treinador do Palmeiras em dezembro de 2019, após período como treinador do Vasco.

Logo no início do trabalho, em janeiro de 2020, foi campeão da Florida Cup, torneio amistoso disputado nos Estados Unidos, e, em agosto, venceu seu quinto Campeonato Paulista pelo clube alviverde, derrotando o Corinthians na final. 

Luxemburgo deixa o Palmeiras com o clube na 7ª colocação do Brasileiro e classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores. Na Copa do Brasil, o clube alviverde entra automaticamente nas oitavas de final, para enfrentar o Red Bull Bragantino. 

"Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Palmeiras. Após a partida desta quarta-feira (14), a diretoria alviverde se reuniu na Academia de Futebol e decidiu pela não permanência do treinador no cargo. O Palmeiras agradece a Luxemburgo pelo trabalho desenvolvido em sua quinta passagem pelo clube, na qual conquistou o Campeonato Paulista de 2020", publicou o Palmeiras em nota oficial.