Após cirurgia, Maradona apresenta quadro de abstinência e tem alta adiada


Gabriel Passeri*, da CNN, em São Paulo
06 de novembro de 2020 às 15:44
Ídolo da seleção Argentina, Diego Maradona completa 60 anos
Ídolo da seleção Argentina, Diego Maradona 
Foto: Reprodução/CNN

Em recuperação após uma cirurgia no cérebro, realizada na última terça-feira (3), o astro do futebol argentino Diego Maradona apresentou um quadro de abstinência, segundo pelo seu médico Leopoldo Luque nesta quinta-feira (5). Com o diagnóstico, o ex-atleta permanecerá internado por mais alguns dias.

“Associamos, juntos com os outros médicos, a um quadro de abstinência. Acreditamos que o tratamento demore alguns dias. É o melhor para Diego. Não temos dúvida”, disse o médico a repórteres em Buenos Aires.

Mais cedo, Luque já havia reportado uma boa recuperação de Maradona, contando inclusive que o ex-jogador insistia por uma alta antecipada. “Ele está muito ansioso para ir embora, ele se sente pronto para receber alta”, disse o médico.

Leia também:
CBF define os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil; veja os jogos
Plataforma virtual aproxima fãs de grandes ídolos do esporte

O craque do futebol argentino, que completou 60 anos em 30 de outubro, foi submetido a uma cirurgia para drenar um hematoma subdural no cérebro. Ele havia sido internado na clínica Ipensa, em La Plata, na última segunda-feira (2) por anemia e desidratação.

“Don Diego”, que venceu a Copa do Mundo com a Argentina em 1986, é considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos. Ao longo dos anos, sofreu frequentes internações, muitas vezes devido ao seu estilo de vida extravagante, com histórico de abuso de drogas ilícitas e álcool.

*sob supervisão de Ludmila Candal