F1: Hamilton conquista sétimo título e iguala marca de Schumacher

Com a vitória no GP da Turquia neste domingo, piloto inglês alcançou o número de campeonatos do ex-piloto alemão

Reuters
15 de novembro de 2020 às 09:26 | Atualizado 16 de novembro de 2020 às 09:30

 

O britânico Lewis Hamilton conquistou seu sétimo campeonato mundial de Fórmula 1 e se tornou o piloto de maior sucesso em todos os tempos na categoria, após vencer o Grande Prêmio da Turquia em pista molhada e escorregadia neste domingo (15).

O piloto da Mercedes deu uma verdadeira aula para conseguir a 94ª vitória da carreira, um recorde, em um GP cheio de altos e baixos, garantindo assim o título com três corridas restantes.

Apenas Michael Schumacher conquistou sete títulos mundiais, um número que se pensava improvável de ser igualado, mas a maioria dos recordes do alemão já passaram para Hamilton. 

O domínio do britânico foi tão completo que ele deu uma volta no único piloto capaz de ameaçar seu título, Valtteri Bottas, seu companheiro na Mercedes, faltando 12 voltas para o fim, em uma tarde de pesadelo para o finlandês que terminou em 14º.

Assista e leia também:
São Paulo anuncia renovação com F1 para prova em Interlagos até 2025
Hamilton vence em Ímola e Mercedes garante o título de construtores

Lewis Hamilton venceu o GP da Turquia, em Istambul, neste domingo

Hamilton já acumulou mais vitórias, poles e pódios do que qualquer outro piloto na história da modalidade.

"Muito obrigado pessoal... essa vai para todas as crianças que sonham o impossível. Vocês também podem, eu acredito em vocês", gritou ele no rádio após passar pela bandeira quadriculada.

O britânico terminou com 31,6 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, o mexicano Sergio Perez da Racing Point, em uma corrida sem público devido à pandemia de Covid-19.

"Sete é simplesmente inimaginável, mas quando você trabalha com um grupo tão impressionante de pessoas e realmente confia um no outro, não há limite para o que podemos fazer juntos", disse Hamilton, que ainda não assinou um novo contrato para 2021. "Eu sinto que estou apenas começando."