Rosto de Maradona pintado no CT do Santos é alvo de vandalismo

Imagem do rosto do argentino estava sendo estampada ao lado de Pepe e Pelé e faria parte de homenagem que o clube faria nesta sexta-feira

Fabrício Julião*, da CNN, em São Paulo
27 de novembro de 2020 às 11:05
Imagem de Maradona foi vandalizada no muro do CT Rei Pelé,  do Santos
Imagem com o rosto de Maradona foi vandalizada no muro do CT Rei Pelé, do Santos
Foto: Reprodução/Twitter

O rosto de Diego Maradona, pintado no CT Rei Pelé, do Santos, após a morte do craque argentino na quarta-feira (25), foi pichado na manhã desta sexta-feira (27). A imagem do argentino estava sendo estampada lado de Pepe e Pelé, antes do ato de vandalismo.

A homenagem ficaria no muro do Centro de Treinamento do Santos FC por um período de 30 dias, segundo o clube paulista. O artista Paulo Consentino não tinha finalizado a obra, que seria divulgada na tarde desta sexta-feira (27), pela Santos TV.

Leia também:
Maradona uniu o povo, diz jornalista esportivo argentino
'Nunca nos deixamos levar por rivalidade', diz Zico sobre Maradona
Maradona: após ‘falência’, ex-jogador usou sua imagem para construir fortuna

Até o momento, a assessoria do clube disse que não sabe se a pintura será retomada.

Diego Armando Maradona, maior jogador da história da Argentina, sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu na quarta-feira (25). O craque recebeu homenagens de lendas do futebol como Pelé, Neymar, Cristiano Ronaldo e Messi e também de seus ex-clubes, entre eles Boca Juniors, Barcelona e Napoli.

"Noticia triste, perder amigos dessa maneira. Que Deus dê bastante força para a família. Com certeza, um dia vamos bater uma bola juntos lá no céu", disse Pelé, em comunicado à imprensa.

Antes do treinamento desta sexta-feira (27), o Boca Juniors realizou um minuto de silêncio em homenagem ao ídolo. O clube publicou um vídeo no Twitter no qual mostra o tributo, prestado pelos jogadores e pela comissão técnica.

(*Sob supervisão de André Rigue)