Narrador gaúcho chama atacante Lucas Braga de 'crioulinho'; Santos repudia fala

Comentário foi feito por Haroldo de Souza, da Rádio Grenal, no começo da partida; ele ainda se referiu ao atleta como o 'moreno, cidadão de cor'

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo
04 de fevereiro de 2021 às 08:40 | Atualizado 04 de fevereiro de 2021 às 11:25

 

O Santos repudiou por meio de nota publicada em seu site o termo 'crioulinho', usado pelo narrador Haroldo de Souza, da Rádio Grenal, do Rio Grande do Sul, para se referir ao atacante Lucas Braga durante partida do clube contra o Grêmio, na tarde de quarta-feira (3) – o confronto terminou empatado em 3 a 3.

O termo foi usado pelo narrador ainda no começo da partida, aos 17 minutos do primeiro tempo, em diálogo com o repórter Bruno Flores, que estava no campo.

“Aquele crioulinho que está lá na ponta esquerda do time do Santos, quem é ele?". Flores respondeu que a posição era ocupada pelo atacante Lucas Braga, ao que Souza completou: "Ah, o Lucas Braga que está caído lá. É o moreno, né? Moreno, cidadão de cor, numa boa".

A conversa entre os dois pode ser conferido a partir de 1h03m20s na transmissão disponibilizada pela rádio em seu canal no YouTube.

Como o nome sugere, a Rádio Grenal é uma estação voltada 24 horas por dia ao universo do futebol, com foco em assuntos relacionados aos dois clubes gaúchos: Grêmio e Internacional (Grenal). A emissora pertence à Rede Pampa de Comunicação e não tem relação direta com os dois times.

Antes de ser locutor esportivo, Haroldo Souza foi vereador em Porto Alegre. Ele ingressou na política em 1998, onde permaneceu até 2012. Nesse período, chegou a presidir a Câmara de Porto Alegre em algumas ocasiões.

“O Santos FC não vem por meio desta apenas lamentar ou repudiar os termos racistas utilizados pelo narrador Haroldo de Souza, da Rádio Grenal”, afirmou o clube paulista, na nota.

O time afirmou ainda que usará seu Departamento Jurídico para tomar medidas cabíveis e que esperava uma reação efetiva da empresa.

“É no silêncio, na omissão, na relativização frente ao preconceito que o racismo cresce silenciosamente e se estabelece de forma estrutural em nossa sociedade.”

 Além do clube da Vila Belmiro, a empresa MMC Sports, que gerencia a carreira de Braga, também se manifestou nas redes sociais contra o fato e repudiou a atitude de Souza.

“A MMC repudia veementemente a maneira com a qual seu atleta, Lucas Braga, foi referido em transmissão oficial da Rádio Grenal no jogo entre Santos e Grêmio nesta quarta-feira”, diz o texto.

“Nos sentimos enojados de ter de responder a uma situação como essa, inexplicável em todos os sentidos. Acreditamos ser um extremo absurdo a forma com a qual o locutor Haroldo de Souza se referiu ao atleta, proferindo pronomes racistas e o fazendo com naturalidade”, completou a empresa..

Em nota publicada em suas redes sociais após o episódio, a Rádio Grenal disse não compactuar “com qualquer tipo de atitude discriminatória a quem quer que seja, pautando sua atuação através do respeito a todos, sem exceção”.

“Salientamos nosso apreço à sociedade em geral, sem qualquer tipo de discriminação”, diz o texto.

Outros casos de racismo contra atletas do Santos

Em 2014, quando era goleiro do Santos, Aranha foi chamado de "preto fedido" e "macaco" por torcedores do Grêmio em jogo contra no Rio Grande do Sul. O episódio foi capturado por câmeras de TV e o clube gaúcho acabou punido com a exclusão da Copa do Brasil.

No mesmo ano, ao voltar a jogar no estádio do clube gaúcho, Aranha foi vaiado a partida inteira por parte expressiva da torcida do Grêmio.

No ano passado, o ponta Marinho foi alvo de fala racista do comentarista Fabio Benedetti, conhecido como Chef Benedetti, na transmissão da partida contra a Ponte Preta pela Rádio "Energia 97" durante partida do Campeonato Paulista.

"Eu vou falar assim: 'Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez'", disse Benedetti sobre o que falaria ao jogador, pouco depois dele ser expulso.

Marinho se manifestou em Story publicado em sua conta no Instagram sobre o caso de Lucas Braga.

"Racista de m****!", escreveu o jogador santista. "Lamentável ter que ouvir isso desse mal informado que vive na sociedade para agredir verbalmente alguém! Seu preconceituoso."