Maurício Pestana analisa o racismo no futebol e relembra fatos marcantes de 2020

O jornalista e escritor, CEO do Fórum Brasil Diverso e da Revista Raça, avaliou os casos de racismo em 2020 e a influência desta questão na sociedade

Da CNN, em São Paulo
31 de dezembro de 2020 às 22:14 | Atualizado 31 de dezembro de 2020 às 22:16


O ano de 2020 foi marcado por uma série de episódios de racismo no Brasil e no mundo, do assassinato do americano George Floyd e os consequentes protestos motivados pela tragédia em todo o planeta, passando pela eleição da primeira mulher negra ao cargo de vice-presidente dos Estados Unidos e pelo assassinato de João Alberto em um supermercado em Porto Alegre. 

Para falar sobre as questões raciais que permearam 2020, a CNN conversou com Maurício Pestana, jornalista e escritor, CEO do Fórum Brasil Diverso e da Revista Raça. Segundo Pestana, as discussões levantadas pelo assassinato de George Floyd foram importantes para a eleição de Joe Biden e Kamala Harris.

Leia também:

Retrospectiva: O que 2020 ensinou sobre diversidade às empresas

Cavani é suspenso por uso de termo racista e fica fora de 3 jogos na Inglaterra

Policial que matou homem negro desarmado nos EUA é demitido

Vice-presidente do Flamengo diz que prova confirma racismo contra Gerson

"Não posso afirmar que o caso George Floyd foi fundamental para a eleição de Biden, mas foi um forte componente das eleições americanas. A questão racial também foi importante para entender a pandemia, uma vez que os mais afetados pela doença foram a comunidade negra", disse o jornalista.

No Brasil, Pestana avalia que o país está em processo de maior inserção dos negros na sociedade após o século XX, que chamou de “século da negação”.

“No caso do Brasil, estamos negando a questão por séculos. Entramos neste século com apenas 2% de negros nas universidades e em 20 anos colocamos mais negros nas universidades do Brasil do que em toda a história do país", afirmou.

Em 2021, o jornalista entende que a questão racial vai continuar permeando a discussão em diversas áreas, uma tendência que deve continuar nos próximos anos.

“O que acontece hoje é que está se discutindo o racismo em todas as áreas, no esporte, política, economia e saúde. Não tenho dúvidas que vamos continuar pautando todas as áreas da sociedade.”

Maurício Pestana
Maurício Pestana, CEO do Fórum Brasil Diverso, em entrevista à CNN
Foto: CNN (09.jun.2020)


(Publicado por Daniel Fernandes)