Novak Djokovic se torna o segundo tenista a alcançar 300 vitórias em Grand Slams

Tenista sérvio superou o canadense Milos Raonic na quarta rodada do Aberto da Austrália; recordista, Roger Federer tem 362 vitórias em Grand Slam

Matias Grez, da CNN
14 de fevereiro de 2021 às 15:11
Novak Djokovic alcançou a marca de 300 vitórias em Grand Slams de tênis
Novak Djokovic alcançou a marca de 300 vitórias em Grand Slams de tênis
Foto: Kelly Defina - 8.fev.2021/Reuters

Novak Djokovic se tornou apenas o segundo atleta na história do tênis a alcançar a marca de 300 vitórias em torneios Grand Slam com o triunfo sobre Milos Raonic, neste domingo (14), na quarta rodada do Aberto da Austrália.

O sérvio dissipou os temores de que ainda pudesse estar sofrendo com a lesão abdominal que o incomodou durante sua vitória sobre Taylor Fritz, eliminando Raonic por 7-6, 4-6, 6-1, 6-4 em pouco menos de três horas.

"Mentalmente, tive que aceitar que vim para a partida sabendo que provavelmente sentiria dor durante todo o tempo, o que foi o caso", disse Djokovic aos repórteres após a vitória. "Mas o nível de dor era suportável, então eu pude jogar e fui melhorando durante a partida.”

“E de alguma forma consegui encontrar um jeito de vencer e isso é o que mais importa. Agora tenho mais 40 horas ou algo assim até a próxima partida, o que é ótimo para um Grand Slam”, completou o sérvio.

Roger Federer é o único que também superou a marca de 300 vitórias em Grand Slams, com 362 triunfos no total. Rafael Nadal é o terceiro com 285 vitórias.

Essa é a 12ª vez nos últimos 14 anos que Djokovic chega às quartas de final do Aberto da Austrália. O próximo adversário para o octa campeão do torneio é o alemão Alex Zverev.

Terceiro cabeça-de-chave, Dominic Thiem, foi eliminado na sexta-feira (12), perdendo para Grigor Dimitrov por dois sets. Dimitrov enfrentará o russo Aslan Karatsev, uma surpresa nas quartas de final, para definir uma das vaga nas semifinais.

(Texto traduzido; leia o original em inglês)